Campo Grande/MS, Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 11 de Janeiro de 2012, 15h:15
Tamanho do texto A - A+

Cão que sobreviveu a execução terá novo lar

Da Redação - A.A

Final feliz para o cachorro que foi baleado na cabeça pelo próprio dono na manhã de terça-feira em um sítio em Nova Cardoso, distrito de Itajobi. Outros dois cães também foram baleados e morreram. “Sargento” foi atingido com um tiro de espingarda próximo ao ouvido e está em tratamento em uma clínica veterinária em Itajobi. Ele deverá receber alta entre hoje e amanhã. De lá seguirá direto para o seu novo lar, providenciado pelo soldado que ajudou no resgate.

“Senti uma afinidade com ele logo que eu o retirei do buraco. Não pensei duas vezes em dizer que eu ficaria com o cachorro”, diz o PM Humberto Filipi dos Reis Pereira, 34 anos. Apaixonado por animais, o policial logo se propôs a adotar animal, caso ele sobrevivesse. O pastor belga está reagindo bem ao tratamento. “Ele já se alimenta sozinho e já consegue se locomover. Agora ele já pode continuar o tratamento com os medicamentos em casa”, explica a veterinária Andréia Cristina Ambrizzi.

Durante os quatro dias em que esteve internado, “Sargento” recebeu a visita de seu futuro dono diariamente. Assim que ele receber alta médica será levado para uma chácara em Votuporanga. “Nesses primeiros dias em que precisará de cuidados intensos ele ficará sob os cuidados da minha mãe. Depois vou levá-lo para morar na minha casa, em Catanduva”, afirma Pereira. Esse não é o primeiro animal que a família do PM adota. Muito ligada a bichos, a família cuida de mais quatro cachorros, dois deles encontrados abandonados na rua. (Fonte:Jornal Diário da Região)

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Trinix