Campo Grande/MS, Domingo, 15 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 18 de Agosto de 2019, 12h:26
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Como utilizar a gamificação no mercado de trabalho

Por Gustavo Torniero

Da coluna Tecnologia
Artigo de responsabilidade do autor

Metodologia inovadora engaja colaboradores e aumenta a produtividade das equipes

Divulgação

ColunaTecnologia

A utilização de jogos interativos pode ser um componente muito importante para engajar colaboradores e aumentar a produtividade das equipes de trabalho. É uma metodologia inovadora para estimular comportamentos e envolver cada indivíduo no desenvolvimento de uma  determinada tarefa. Essas atividades também  promovem a competitividade e a interação entre os funcionários, colaborando para um ambiente corporativo saudável.

Uma vez motivados, os colaboradores exploram mais os próprios limites, apreendem novos conhecimentos e habilidades, e, consequentemente, trabalham de forma mais produtiva. Pelo menos é o que indicam várias pesquisas, como é o caso do levantamento feito pela Right Management, que ouviu ouviu 30 mil pessoas de 15 países, sendo 10 mil delas brasileiras. A descoberta foi de que os profissionais motivados produzem 50% a mais do que os demais.

É um efeito de reação em cadeia: vencer uma competição baseada em pontos e premiações traz reconhecimento dos gestores e dos outros colegas, aumentando a satisfação pessoal. Mas a gamificação do trabalho vai muito além da motivação dos profissionais. Para os gestores, é uma importante ferramenta para análise dos membros de uma equipe. Com as atitudes individuais e coletivas é possível saber quais são os pontos fortes dos funcionários e em quais áreas eles precisam melhorar.

Os jogos interativos podem ter diferentes objetivos: engajamento de colaboradores, criação de soluções inovadoras para determinados problemas, melhorar o bem-estar das equipes e até mesmo promover maior interação social por meio do esporte. No último caso, a empresa pode promover campeonatos esportivos de futebol ou outra modalidade, como o Airsoft - prática voltada para a simulação de ações militares, com projéteis de plásticos disparados por réplicas de armas, como uma carabina de pressão.

Outra estratégia é integrar a gamificação com atitudes de recursos humanos. Uma das iniciativas adotadas por grandes empresas é construir um sistema de pontos para premiar as equipes ou funcionários que mais realizarem atividades saudáveis durante o ano. Essa é uma forma de motivá-los a cuidar do próprio bem-estar e da saúde. São várias as possibilidades para engajar os colaboradores por meio da gamificação no mercado de trabalho.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix