Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 08 de Dezembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Tecnologia
Domingo, 10 de Janeiro de 2021, 12h:54
Tamanho do texto A - A+

Usuários do Whatsapp aderem a mensageiro rival após mudança de política

Os termos para 2021 da rede social não agradaram os usuários e aumentou a popularidade do rival Signal.

Flavia Andrade
Capital News

Ilustração Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Os termos para 2021 da rede social não agradaram os usuários e aumentou a popularidade do rival Signal.

 

Após o anúncio dos novos termos de política de funcionamento do Whatsapp em 2021, o número de downloads do Signal, mensageiro "ultrasseguro" e rival do WhatsApp, cresceu consideravelmente. A plataforma declarou no Twitter na última quinta-feira (7) dizendo estar entusiasmada com o grande número de cadastros, e ciente de atrasos no envio de códigos de verificação do mensageiro, dado o grande número de contas criadas nos últimos dias.

 

O Signal aumentou a sua popularidade após o CEO das companhias multimilionárias Tesla e SpaceX, Elon Musk publicar em seu twitter para seus mais de 41,5 milhões de seguidores, a mensagem "Usem Signal". Musk publicou o post logo após o WhatsApp divulgar suas novas e controversas políticas de privacidade. A mudança nos termos de uso do app obriga que usuários aceitem o compartilhamento de suas informações com o Facebook, caso queiram continuar utilizando o mensageiro.

 

O bilionário Elon Musk publicou outros dois tuítes em sequência, na última quarta-feira (6), em alusão às empresas do Facebook. Entre as publicações uma alfinetou a rede social, e a outra o mensageiro. Sem mencionar as companhias diretamente, Musk publicou um meme com peças de dominó que relacionavam a proposta inicial do Facebook de classificar mulheres em "gostosas ou não" na universidade aos acontecimentos recentes da invasão de extremistas ao Congresso dos Estados Unidos. Logo em seguida, Musk publicou "usem o Signal".

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix