Campo Grande 00:00:00 Domingo, 14 de Julho de 2024


Rural Quarta-feira, 24 de Julho de 2019, 09:36 - A | A

Quarta-feira, 24 de Julho de 2019, 09h:36 - A | A

Encontro

Reunião da BRICS põe MS no centro da discussão agropecuária

Durante o encontro em setembro, na cidade de Bonito, o grupo assinará uma declaração que trata de inovação e o princípio científico

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/Semagro

Reunião da BRICS põe MS no centro da discussão agropecuária

Durante o encontro em setembro, na cidade de Bonito, o grupo assinará uma declaração que trata de inovação e o princípio científico

Em uma reunião que acontecerá durante o mês de Setembro, na cidade de Bonito, o grupo composto pelas cinco maiores economias emergentes do mundo, sendo elas: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, a qual forma o BRICS, colocam Mato Grosso do Sul no centro da discussão agropecuária durante o encontro.

 

Com isso, o secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SCRI/Mapa), embaixador Orlando Leite Ribeiro, em parceria com o Secretário de Estado Jaime Verruck, da Semagro, estiveram em Bonito, junto de sua equipe, na última segunda-feira, dia 22.

 

Segundo a Semagro, o objetivo foi conhecer os espaços que o município oferece para a realização do evento, propriedades onde as atividades produtivas são realizadas de forma integrada, tendo lavoura, pecuária, floresta e atividades turísticas, evidenciando o uso de tecnologia e inovação e o que o estado tem de mais dinâmico, competitivo e sustentável nesses setores.

 

A comitiva pôde contar com a ajuda ainda do Secretário de Turismo, Industria e Comércio de Bonito, Augusto Mariano, a comitiva conheceu alguns pontos turísticos que deverão entrar na agenda dos participantes do encontro, que deve durar dois dias.

 

Para o Secretário Jaime Verruck, “Os olhos do mundo estarão voltados para Bonito durante esse período. A cidade será vista por representantes de países que, juntos, somam 40% da economia mundial. Alguns de nossos principais destinos turísticos serão divulgados nesses países, em grandes canais de comunicação, o que torna a escolha da agenda, algo estratégico para que possamos extrair o máximo dessa visita”, declara.

 

O apoio do Prefeito Odilson Soares, através da atuação do Secretário Augusto e a parceria com o sistema ‘S’, o trade turístico e as instituições ligadas ao comércio e ao setor produtivo, também foram destacadas por Verruck que acredita que além da economia local ganhar muito com a realização do evento em Bonito, o Brasil ganha ao colocar em evidência um destino consolidado e que está entre os mais belos de todo mundo.

 

Fizeram parte da comitiva que visitou a Fazenda Serradinho, do ex-Prefeito Nercy Soares dos Santos, o Centro de Convenções, o espaço do ‘ECOSESI’ e a Fazenda São Geraldo, além do Embaixador Orlando e o Secretário Jaime Verruck, a Coordenadora Geral de Adidos da Agricultura, do MAPA), Alessandra Beig Jordão, e os Assessores Internacionais do MAPA, Aurélio Rocha e Giovanni Coelho, além do Assessor Legislativo da Semagro, Marcus Vinícius Perez, o Markito.

 

O grupo é formado pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, sendo atualmente presidido pelo Brasil.  Na presidência de turno do grupo, o Brasil é responsável por coordenar atividades, apresentar iniciativas de cooperação e organizar cerca de cem reuniões, entre elas a que irá acontecer no Mato Grosso do Sul.

 

Em 2019, os grandes temas prioritários da presidência brasileira são: ciência e tecnologia e inovação, saúde – que é um tema importante para a população de todos países participantes – e o tema da maior aproximação dos empresários do setor privado com o Novo Banco de Desenvolvimento, que é a primeira e única instituição financeira de vocação global criada e controlada não por países desenvolvidos, mas por economias emergentes.

 

Também estão entre as prioridades da presidência do Brasil a cooperação intra-agrupamento e as iniciativas que possam fazer diferença na vida dos cidadãos dos países dos BRICS.

 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS