Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sexta-Feira, 10 de Setembro de 2021, 18h:37
Tamanho do texto A - A+

Pesquisas buscam neutralização de gases do efeito estufa

Governo concede R$ 4 milhões em incentivos para pesquisas

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/Assessoria

Live edital carbono neutro

Live edital carbono neutro

O Governo do Estado lançou um edital público da Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado) para selecionar projetos científicos que vão ajudar na neutralização dos gases que esquentam o planeta e causam a destruição do meio ambiente.

 

Mato Grosso do Sul tem a meta de se tornar estado carbono neutro até 2030. Ou seja, pretende mitigar todas as emissões de gases causadores do efeito estufa, dentro do próprio território, para contribuir com a redução do aquecimento global. Dentro dessa agenda de sustentabilidade.

 

Ao todo são R$ 4 milhões de recursos próprios do Estado serão repassados para projetos de pesquisa e inovação nas áreas de Bioeconomia, Biotecnologia, Biodiversidade, Energias Renováveis e Produção Sustentável. Pesquisadores vinculados às Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) e empresas que executam atividades de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), em Mato Grosso do Sul, podem participar da seleção. 

 

De acordo com a assessoria, o edital de chamamento para a seleção de projetos científicos que contribuam com a neutralização dos gases do efeito estufa em Mato Grosso do Sul foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, a partir da página 52. Clique aqui para conferir.

 

O período de inscrições será aberto nesta sexta-feira (10) e segue até 14 de outubro de 2021. Os projetos inscritos concorrerão em duas faixas de financiamento: “Projetos A”, que receberão recursos entre R$ 50 mil e  R$ 200 mil (R$ 1 milhão será investido nesta faixa); e "Projetos B", que receberão entre 200.000,01 a R$ 1 milhão (R$ 3 milhões serão investidos nesta faixa). Os recursos serão destinados ao financiamento de itens de custeio e capital para a execução do projeto, e deverão estar estritamente relacionados à execução das atividades. Cada proposta terá prazo de execução 24 meses, podendo ser prorrogado por mais 12 meses.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix