Quinta-feira, 23 de Maio de 2024



Rural Sábado, 27 de Dezembro de 2008, 12:14 - A | A

Sábado, 27 de Dezembro de 2008, 12h:14 - A | A

Jovens do campo têm oportunidade de capacitação pelo ProJovem

Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

Incentivar a agricultura familiar como forma de sustento próprio e promover o desenvolvimento pedagógico dos jovens que vivem no campo: este é o objetivo do ProJovem Campo, uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que em Mato Grosso do Sul será aplicado através da Secretaria de Estado de Educação (SED) em 30 municípios do Estado.

De acordo com o coordenador pedagógico da SED, professor Francisco Edmar Ferreira, o programa qualifica jovens de 18 a 29 anos que moram e atuam no campo, que já sejam alfabetizados e tenham noções básicas de cálculos.

Os alunos receberão uma bolsa de R$ 100 a cada dois meses de aula, a exigência é que eles tenham 75% de presença nas aulas. As escolas pólo que vão oferecer os cursos do ProJovem Campo são as Escolas Estaduais Antônio Nogueira, de Terenos e a Antônio Coelho, de Nova Alvorada do Sul. Cada uma destas instituições vão atender um dos territórios definidos pelo MEC, além de outros sete municípios – Bataguassu, Japorã, Ponta Porã, Nova Andradina, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo e Itaquiraí.

As aulas estão previstas para começar em março do próximo ano. As inscrições estão sendo feitas através do Comitê de Educação no Campo ou nas secretarias municipais que também apóiam o programa, as escolas pólo que realizam as aulas também disponibilizam de informações para a aderência no ProJovem Campo.

Em fevereiro deve começar a fase de seleção, com a conferência dos documentos de cada inscrito. Os professores que irão atuar no programa estão recebendo a especialização em Capacitação no Campo pela Universidade Federal da Grande Dourados. Ao todo são cerca de 120 profissionais envolvidos com o ProJovem Campo em Mato Grosso do Sul. (Com informações da Assessoria)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS