Campo Grande/MS, Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Segunda-Feira, 29 de Novembro de 2021, 11h:35
Tamanho do texto A - A+

Ação do Senar-MS atende centenas de pessoas em Miranda

Programa combate câncer de próstata e mama o ano todo

Silvio Ferreira
Capital News

Divulgação/Senar-MS

Ação do Senar-MS atende centenas de pessoas em Miranda

Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural já atendeu quase 20 mil pessoas desde 2016.

Independentemente da ênfase dada nos meses de outubro e novembro à prevenção dos cânceres de mama e próstata, o Senar Mato Grosso do Sul promove “Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural” durante todo ano. Já são quase 20 mil pessoas atendidas desde 2016. Desenvolvido pelo Senar/MS em todos os municípios do estado, por meio dos sindicatos rurais, com apoio das prefeituras e secretarias municipais de saúde, o programa oferece consultas e exames com médicos das áreas de Urologia e Ginecologia, Dermatologia e Oftalmologia. “Sabemos como é fundamental fazer exames e consultas para a prevenção de doenças como o câncer de pele, mama, nas mulheres e próstata nos homens, que são os mais comuns na população. Além disso, o diagnóstico precoce pode aumentar em até 99% as chances de cura”, destaca o presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni. Por conta da pandemia, o programa foi suspenso durante um ano e sete meses, retornando em outubro de 2021. Somente neste ano, o “Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural” já percorreu as cidades de: Bonito, Rio Brilhante e Japorã; Jardim, Corumbá e no último sábado (27), Miranda, onde mais de mil pessoas receberam atendimento e mais de 150 encaminhamentos foram efetuados. Estimativas preocupantes Dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer) apontam que, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum nos homens, respectivamente o câncer de mama nas mulheres. Os dois tipos da doença, ficam atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. O último levantamento aponta que em 2020 a estimativa era de 65,8 mil novos casos nos homens, 66,2 mil nas mulheres e 83,7 mil novos casos em pele não-melanoma. Em Mato Grosso do Sul as estimativas apontaram 850 casos de câncer de mama, 1,2 mil identificações do câncer de próstata e 100 de câncer de pele.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix