Campo Grande 00:00:00 Segunda-feira, 22 de Julho de 2024


Legislativo Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 09:41 - A | A

Terça-feira, 11 de Junho de 2024, 09h:41 - A | A

ALEMS

Primeira sessão da semana tem quatro projetos na pauta dos deputados estaduais

Sessão pode ser acompanhada presencialmente ou através dos canais de comunicação da Casa de Leis.

Rogério Vidmantas
Capital News

Wagner Guimarães/ALEMS

Ordem do Dia: Parlamentares aprovam quatro projetos

Plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul

Quatro projetos estão na pauta dos deputados estaduais para sessão plenária desta terça-feira (11). Conforme a Ordem do Dia da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), as propostas serão votadas em redação final, primeira e segunda discussão.

Será votada a redação final do Projeto de Lei 274/2023, de autoria do deputado Antonio Vaz (Republicanos), que institui a “Semana de Conscientização sobre a Cardiopatia Congênita”, ser realizada, anualmente, na semana do dia 12 de junho.

Em segunda discussão será votado o Projeto de Lei 69/2024, de autoria do deputado Caravina, que institui no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul, ações de incentivo ao serviço de radiodifusão comunitária, e dá outras providências

Por fim, em primeira discussão serão votados dois projetos de lei. Da deputada Lia Nogueira (PSDB), o Projeto de Lei 203/2023 institui um programa de incentivo e estímulo à contratação de mulheres em situações de violência doméstica. E Projeto de Lei 99/2024, da deputada Mara Caseiro (PSDB), inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado o Pesque Fest do município de Paranhos, a ser celebrado, anualmente, no primeiro sábado subsequente à Sexta-feira Santa.

Serviço

As sessões são realizadas no Plenário Deputado Júlio Maia, a partir das 9h, e pode ser acompanhada ao vivo nos canais oficiais de comunicação da Casa de Leis o Facebook, Instagram, Twitter e Youtube, TV e Rádio ALEMS e Portal da ALEMS. A TV e a Rádio ALEMS estão com sinal aberto, respectivamente, no canal 7.2 e na FM 105.5.

 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS