Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 03 de Março de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Internacional
Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 09h:41
Tamanho do texto A - A+

Incêndio atinge sede de fabricante da vacina contra Covid-19 na Índia

Até o momento foram confirmados a morte de cinco pessoas

Elaine Silva
Capital News

ANI

Incêndio atinge sede de fabricante da vacina contra Covid-19 na Índia

Serum Institute of India (SII)

Incêndio atingiu o Serum Institute of India (SII), maior fabricante mundial de vacinas, nesta quinta-feira (21). De acordo com os funcionários, em entrevista à agência internacional de notícias ANI, o fogo começou no portão do Terminal 1 e continua a ocorrer no quarto e quintos andares do edifício SEZ3 dentro do Terminal 1. O local onde o incêndio começou é um prédio em construção no SII.  

A fábrica fica na cidade de Pune e é responsável pela produção do imunizante contra a Covid-19 da Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca. As doses e a fabricação das vacinas contra o novo coronavírus não foram afetadas, informaram as autoridades. Pelo menos, cinco pessoas morreram.

Distribuição da vacina
A Índia recebeu pedidos de dezenas de países, incluindo apelos urgentes do Brasil, para iniciar as exportações da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica Astrazeneca. Nesta quarta-feira (20), o país começou a enviar as doses do imunizante para Butão, Maldivas, Bangladesh, Nepal, Mianmar e Ilhas Seychelles, deixando o Brasil de fora da lista.   

O presidente Jair Bolsonaro chegou a enviar uma carta à Narenda Modi, no início do mês, pedindo ajuda para antecipar a entrega ao Brasil de um lote de 2 milhões de vacinas de Oxford produzidas pelo Instituto Serum. Na semana passada, a negativa do governo da Índia em liberar as vacinas frustrou os planos do Ministério da Saúde, que contava com os imunizantes para incrementar o início da campanha de vacinação no Brasil.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix