Campo Grande 00:00:00 Sexta-feira, 19 de Julho de 2024


Esporte Sexta-feira, 21 de Junho de 2024, 08:27 - A | A

Sexta-feira, 21 de Junho de 2024, 08h:27 - A | A

Brasileirão de Futsal

CREC/Juventude empata com América Mineiro em jogo marcado por erros de arbitragem

Time sul-mato-grossense reclama de pênalti não marcado que poderia ter mudado placar de 0 a 0 em Itaúna

Rogério Vidmantas
Capital News

@Lucaspousafotografia

América Juventude

Juventude teve chances de marcar, mas o goleiro Lucão, do América, teve excelente atuação

A primeira vitória do CREC/Juventude no Campeonato Brasileiro de Futsal foi impedida pela excelente atuação do goleiro Lucão e pela péssima arbitragem. Nesta quinta-feira (20), pela sexta rodada da primeira fase, o time sul-mato-grossense foi a Itaúna enfrentar o América Mineiro Futsal e ficou no 0 a 0.

A partida no Ginásio da Universidade de Itaúna foi marcada, no primeiro tempo, por um lance triste. Com poucos minutos de bola rolando, o fixo Rodrigo Charuto caiu em uma disputa de bola pela esquerda e sentiu contusão na perna esquerda. Ele deixou a partida para ser levado ao hospital Manoel Gonçalves e os exames constataram uma fratura na fíbula. O atleta foi atendido pelo Dr Marco Tulio dos Santos, foi medicado, estabilizado e está bem. No retorno à Dourados, ele será atendido pela equipe Cassems e deve passar por cirurgia nos próximos dias, ficando fora do restante da temporada.

Quando a bola voltou a rolar, o jogo ficou movimentado, com boas chances para os dois lados, mas com os goleiros Lucão, do América, e Cleison, do Juventude, inspirados, levando o zero no placar para o intervalo.

No segundo tempo, além do goleiro adversário, o time sul-mato-grossense teve a arbitragem atrapalhando. No lance que mais gerou reclamação, com 14 minutos de bola rolando, em cobrança de falta de Gustavo, Shaina desviou a bola na área claramente com o braço e um dos árbitros, de frente para a jogada, marcou apenas escanteio.

No fim, mais lances polêmicos. Com os dois times pendurados em falta, o CREC/Juventude teve a chance do gol faltando 30 segundos em cobrança de Gustavo que Lucão defendeu. Na sequência, falta para o América faltando seis segundos que Luciano fez a defesa no chute de Pepê, iniciando contra ataque com Marcelo, que foi derrubado. Em vez de marcar a falta que geraria mais um tiro livre para o time sul-mato-grossense, a arbitragem optou por encerrar o jogo, com a alegação de que o relógio ficou travado e já havia passado o tempo. Apesar da reclamação dos jogadores do CREC/Juventude, o placar de 0 a 0 foi definitivo.

Próximo jogo do CREC/Juventude no Brasileirão de Futsal será também fora de casa. No dia 30 de junho, domingo, em Manaus, enfrenta o Estrela do Norte-AM pela sétima rodada.

Para disputar o Brasileirão de Futsal, o CREC/Juventude conta com apoio do Governo do Estado, através da Setescc e Fundesporte, Prefeitura de Dourados, por meio da Funed, Cassems, Shopping Avenida Center, São Bento Incorporadora, Açotelha, Açofort e Lubfil.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS