Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 27 de Junho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cultura e Entretenimento
Terça-Feira, 19 de Abril de 2022, 16h:32
Tamanho do texto A - A+

Carnaval de rua em Corumbá e Campo Grande acontece neste feriadão

Festa popular recebeu apoio do Governo do Estado por meio da Fundação de Cultura

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação

Carnaval Corumbá

Desfile das escolas de samba e blocos de Corumbá acontece entre os dias 21 e 23

O feriadão entre os dias 21 e 24 foi o escolhido para receber o carnaval 2022, que foi adiado por causa do momento da pandemia da covid-19. Com a situação mais tranquila, boa parte da população com imunização completa e sem pressão no sistema de saúde, a festa de Momo vai acontecer em Campo Grande e Corumbá e conta com apoio do Governo do Estado.

 

Por meio da Fundação de Cultura, entidades carnavalescas receberam repasses que totalizaram R$ 1,2 milhão. O apoio chegou à escolas de samba e blocos oficiais que desfilam neste fim de semana.

 

“Carnaval é cultura, tradição do nosso povo, além de gerar emprego e renda”, afirma o governador Reinaldo Azambuja, lembrando que Corumbá, como destino turístico, atrai milhares de turistas. “O carnaval movimenta a economia local em mais de R$ 15 milhões, dados de 2019. Estamos investindo em um grande evento, que dá retorno econômico e gira a cadeia do turismo”, completa.

 

Oito dias de folia

Divulgação

Carnaval Corumbá

Escolas de samba receberam apoio financeiro do Governo do Estado

Considerado o mais tradicional e melhor carnaval do interior brasileiro, Corumbá recebeu R$ 760 mil, assim distribuídos: R$ 400 mil para as escolas de samba e R$ 220 mil para os blocos. O Governo do Estado ainda liberou R$ 140 mil par custear despesas na organização da folia pantaneira, que terá dois shows nacionais: Tatau (ex-vocalista da banda Araketu), no dia 20, e Chiclete com Banana, no dia 24.

 

A programação oficial começou no dia 17, com o ensaio técnico das escolas de samba na Avenida General Rondon, para aferição do sistema de som. O desfile das escolas de samba começa no dia 22, com a Caprichosos de Corumbá, Mocidade Independente da Nova Corumbá, Acadêmicos do Pantanal, Império do Morro, e Estação Primeira do Pantanal. No dia 23, entram na avenida: Marquês de Sapucaí, Major Gama, A Pesada (campeã de 2020), Major Gama, Vila Mamona e Imperatriz Corumbaense. Os 11 blocos oficiais vão entrar na passarela do samba no dia 21.

 

O último dia de carnaval, no domingo (dia 24), terá a sequência do baile infantil na Praça da Independência, às 17h, e o carnaval cultural, na Avenida General Rondon, às 20h, com desfile dos bonecões, do corso (carros antigos), alas das pastoras e dos marinheiros, blocos de frevo e dos palhaços e os cordões carnavalescos. A folia encerra com show da banda Chiclete com Banana, na Praça Generoso Ponce.

 

Capital

 

Para as escolas de samba de Campo Grande o Governo do Estado destinou R$ 500 mil. Na Capital, o desfile ocorrerá em três dias, na Praça do Papa (Bairro Santo Amaro). No dia 20, saem as escolas Herdeiros do Samba e Cinderela Tradição do José Abrão; no dia 21, Deixa Falar, Vila Carvalho e Unidos do Bairro Cruzeiro; e no dia 22, Igrejinha e os Catedráticos do Samba.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix