Campo Grande Quarta-feira, 22 de Maio de 2024



Cotidiano Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2008, 11:04 - A | A

Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2008, 11h:04 - A | A

Renegociação do IPTU termina amanhã; carro e poupanças estimulam a adimplência para 2009

Lucia Morel - Capital News

Os donos de imóveis que ainda quiserem ter isenção de 100% nos juros e sem correção do IPCA-E no pagamento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) em atraso têm só até amanhã para fazê-lo e terminar 2008 com a dívida quitada. A informação é do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB), que na manhã de hoje lançou a entrega do carnê do IPTU 2009 na sede dos Correios. Nelsinho afirmou que quem quiser pagar o imposto em atraso a partir de 1º de janeiro vai “ter juros de 20% sobre o total e ainda correção pelo IPCA-E”.

No entanto, a inadimplência não é tão alta em Campo Grande, já que em 2008, 75% dos contribuintes quitaram o IPTU em dia. Para 2009 a prefeitura espera que esse índice suba para 80% e para isso aposta em prêmios e incentivos para os adimplentes.

No próximo ano, quem pagar o IPTU à vista concorre a um Fox 1.6, cinco poupanças no valor de R$ 10 mil, além de dez notebooks. Quem paga à vista e não tem pendências com a prefeitura desde 2005 ainda tem o benefício de ter descontado 10% no pagamento do imposto, além dos 20% já previstos no pagamento à vista, totalizando 30% de redução do valor total do IPTU a ser pago. Aqueles que decidirem parcelar o pagamento também concorrem a prêmios.

O total a ser arrecadado pela prefeitura, caso 100% dos contribuintes pague o imposto em dia, é de R$ 122 milhões, valor 7% maior que o estipulado em 2008. Conforme Nelsinho, esse acréscimo se deve a benfeitorias realizadas, que valorizaram certas regiões da Capital. Conforme o prefeito, para 82% da população o IPTU foi reajustado em índice menor que o da inflação.
No prazo de uma semana espera-se que os 289 mil carnês já tenham sido entregues e quem não receber a cobrança até o dia 20 de janeiro deverá ligar para o telefone 156 e requisitar uma segunda via, que será entregue em três dias. O serviço vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 7 às 22 horas, e nos sábados, das 7 às 18 horas.
 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS