Segunda-feira, 27 de Maio de 2024


Cotidiano Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008, 09:57 - A | A

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008, 09h:57 - A | A

Porsche mostra em Los Angeles os novos Boxster e Cayman

Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

O Salão de Los Angeles deve suplantar em breve o de Detroit em importância. É neste evento que vêm se concentrando algumas das principais estréias para o mercado norte-americano. A Porsche, que não participou de Detroit este ano, levou a Los Angeles seus dois modelos de entrada, o Boxster e o Cayman, com melhoramentos estéticos e de motorização.

Apesar de chamar os modelo de “nova geração”, e de o Porsche Boxster já estar à venda desde 1996, a empresa não fornece elementos que permitam concluir que realmente se trata de um carro novo. A estréia recente do Cayman (em 2005), versão cupê do Boxster, dá a idéia de que uma segunda geração que mereça o termo só virá mais tarde.

Em todo caso, os modelos mais baratos da marca alemã trazem melhoramentos significativos. O motor 2,7-litros, um boxer de seis cilindros, como é tradição da Porsche, cresceu para 2,9-litros e agora gera 255 cv no Boxster e 265 cv no Cayman, contra 245 cv do modelo anterior. No caso do motor 3,4-litros, também boxer de seis cilindros, ele agora usa injeção direta de combustível, o que lhe rende 310 cv no roadster e 320 cv no cupê.

A maior novidade, em todo caso, é o uso do câmbio de dupla embreagem, o PDK, ou Porsche Doppelkupplungsgetriebe, se você preferir... Com este câmbio, de seis marchas, o Boxster acelera de 0 a 100 km/h em 5,9 s e o Boxster S, com motor 3,4-litros, em 5 s. No Cayman, os tempos são ainda melhores: ele vai aos 100 km/h, partindo do 0, em 4,9 s. O consumo, do motor 2,9-litros, de 11 km/l, é 10% melhor que o do 2,7-litros. O 3,4-litros com injeção direta, por sua vez, chega a 15% de economia, com 10,6 km/l, tanto no Boxster quanto no Cayman.

Os novos modelos estarão à venda Europa a partir de fevereiro do ano que vem. No Brasil, eles devem aparecer no segundo semestre do ano que vem, mas esperamos vê-los por aqui até antes disso. (Fonte: Web Motors)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS