Quarta-feira, 29 de Maio de 2024


Cotidiano Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008, 07:22 - A | A

Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008, 07h:22 - A | A

MS arrecada cerca de 26 toneladas de donativos para SC

Da Redação (JG)

As doações de alimentos, roupas e outros produtos para os desabrigados de Santa Catarina atingiu a marca de 260 toneladas, segundo informações da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil. Desse total, 110 toneladas já foram encaminhadas para o Estado, via área e pelas rodovias, utilizando veículos de voluntários.

O período de doação foi encerrado na última sexta-feira (5), porém ainda 150 toneladas de donativos permanecem em Mato Grosso do Sul à espera de transporte. Foram doados alimentos não-perecíveis, água mineral, roupas, calçados, colchões, medicamentos, material de limpeza e de higiene. Para levar os donativos que ainda estão no Estado, uma solução está sendo construída.

“A organização em Santa Catarina solicitou orçamento de quatro transportadoras de Mato Grosso do Sul, para cotar a utilização de cinco carretas para o transporte. A contratação da empresa será custeada pelas doações feitas nas diversas contas-correntes abertas”, disse Cel. Ociel Ortiz Elias, comandante-geral do Corpo de Bombeiros e coordenador da Defesa Civil estadual.

Pelas informações mais atuais que constam no site www.desastre.sc.gov.br, as doações ultrapassam os R$ 19,5 milhões. As doações feitas em Mato Grosso do Sul atenderam, até agora, as cidades de Florianópolis, Benedito Novo, Rodeio e Blumenau. As 150 toneladas que restam devem ser encaminhadas para a capital de Santa Catarina.

Em Mato Grosso do Sul, fizeram doações os municípios de Campo Grande, Dourados, Corumbá, Ribas do Rio Pardo, Ivinhema, Mundo Novo, Deodápolis, Chapadão do Sul, Água Clara, Fátima do Sul, Paranaíba, Anaurilândia e Caarapó.

O trabalho de coleta e triagem dos donativos envolveu a Defesa Civil estadual; as defesas civis municipais; Corpo de Bombeiros; Secretarias de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), e de Obras Públicas (Sesop); Exército; Correios; além de igrejas e clubes de serviço. Houve ainda participação de 100 voluntários durante o período de coleta.

As 150 toneladas remanescentes estão nos depósitos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), das empresas Sebival e Soprano, e no quartel do Corpo de Bombeiros, na região do Aeroporto, em Campo Grande. Alguns municípios do interior ainda estão enviando donativos recolhidos, porém doações já não estão sendo recebidas.

Como o volume de doações em todo o Brasil é vultoso, a coordenação geral de recebimento em Santa Catarina poderá optar por não receber todos os donativos. “Nesse caso, a Defesa Civil estadual ira estudar a possibilidade de destinar as doações para entidades dentro do Estado que cuidem de crianças, idosos, pessoas com necessidades especiais ou que realizem trabalhos solidários”, acrescenta Cel. Ociel.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS