Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 06 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 08h:37
Tamanho do texto A - A+

Como forma de protesto motoristas de aplicativos abastecem à R$ 0,50 em Campo Grande

Movimento aconteceu em frente a shopping e houve buzinaço pela Afonso Pena

Elaine Silva
Capital News

Reportar NEWS

Com a alta no preço do combustível motoristas de aplicativos abastecem R$ 0,50 em Campo Grande

Manifestação dos motoristas de aplicativo

Com a alta no preço dos combustíveis, mais uma vez os motoristas de aplicativos realizaram um protesto, em Campo Grande. Após abastecerem apenas R$ 0,50 e pedir a nota fiscal, em um posto da Petrobras que fica em frente ao Shopping Campo Grande, o grupo formado por cerca de 150 motoristas, realizou uma carreata pela Avenida Afonso Pena até a Avenida Presidente Ernesto Geisel.

Os motoristas também pedem o fim de outros dois aplicativos de transporte de passageiros que prestam o serviço com custo menor. Nesses três meses de 2021 a Petrobrás reajustou cinco vezes a gasolina. Em Mato Grosso do Sul, atualmente o litro pode ser encontrado por até R$ 5,69. A categoria promete um carreta de nível nacional na próxima semana.

“Congelamento" da gasolina
Articulação entre o Governo do Estado e o Sinpetro (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniências de Mato Grosso do Sul) garante aos consumidores o congelamento da pauta fiscal da gasolina, que é o preço médio ponderado que serve de referência para a cobrança do ICMS. Isso vai segurar o aumento de R$ 0,15 no preço do combustível, sendo que só em 2020 foram 19 reajustes autorizados pela Petrobras.

MS é um dos seis estados que aplicam a alíquota de 12% para o óleo diesel. E de acordo com a pesquisa da ANP feita na segunda semana deste mês, o Estado tem o oitavo menor preço médio para este combustível: preço médio de R$ 3,838. Em Paraíba o valor cobrado gira em torno de R$ 3,846; São Paulo (R$ 3,855); Amazonas (R$ 3,872); Goiás (R$ 3,902) e Minas Gerais, R$ 3,916.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix