Campo Grande/MS, Sábado, 18 de Setembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 31 de Julho de 2021, 09h:07
Tamanho do texto A - A+

Campanha de Combate ao Feminicídio do MPMS recebe apoio da Abrasel

Ação tem a finalidade de incentivar a procurarem ajuda e estarem atentas a relacionamentos abusivos

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/MPMS

Campanha de Combate ao Feminicídio do MPMS recebe apoio da Abrasel

Campanha contra o feminicídio

 

Campanha de combate ao feminicídio, promovida pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul, agora conta com reforço na divulgação. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Mato Grosso do Sul ( Abrasel MS), intermediou o diálogo com os comerciantes com o objetivo de ampliar a visibilidade da campanha “Feminicídio: não faça parte da estatística”, para que sejam fixados cartazes nos estabelecimentos que se comprometerem com a proposta. 

 

De acordo com o ministério, com a finalidade de incentivar as mulheres a procurarem ajuda e estarem atentas a relacionamentos abusivos, a iniciativa liderada pela Promotora de Justiça Lívia Carla Guadanhim Bariani, começou no último dia 1º de junho, Dia Estadual de Combate ao Feminicídio. 

 

Desde 2015, mais de 500 ocorrências de feminicídio foram registradas em Mato Grosso do Sul, segundo o Dossiê Feminicídio do MPMS. É essa estatística que o Ministério Público Estadual se mobiliza para combater, alertando a todas as mulheres que se sentirem ameaçadas, forem agredidas ou estiverem em uma relação abusiva, para que procurem uma Promotoria de Justiça ou a Casa da Mulher Brasileira para receber apoio, ou se estiverem em uma situação de emergência, acionar o 190.

 

Serviços 

Além dos canais mencionados, a denúncia de violência doméstica pode ser feita em qualquer Delegacia, com o registro de um boletim de ocorrência, ou pela Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180), de forma anônima e gratuita, disponível 24 horas, em todo o país.

 

 Para denúncias entre em contato com a Ouvidoria do MPMS: ouvidoria@mpms.mp.br, Formulário Eletrônico no link: www.mpms.mp.br/ouvidoria/cadastro-manifestacao, ou número 127 e 0800-647-1127.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix