Campo Grande 00:00:00 Segunda-feira, 22 de Julho de 2024


Marco Eusébio Sábado, 22 de Junho de 2024, 17:59 - A | A

Sábado, 22 de Junho de 2024, 17h:59 - A | A

Coluna Entrelinhas da Notícia

Fogo no Pantanal, fumaça em Corumbá

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Os incêndios no Pantanal encobriram de fumaça nesta semana a cidade de Corumbá, conforme mostram imagens divulgadas hoje pelo G1MS, que também divulgou um vídeo feito de uma balsa no rio Paraguai mostrando a situação no entorno do maior município da região pantaneira. Conforme o site, as imagens foram feitas na última quarta-feira. Neste ano, o número de focos de incêndios no Pantanal já supera em 8% o registrado no mesmo período de 2020, ano em que as queimadas foram recorde em todo o bioma. A comparação é feita entre os dias 1º de janeiro e 19 de junho de 2020 e de 2024, conforme os dados disponibilizados pelo Programa de BDQueimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

• • • • •

Área duas vezes maior que a cidade de SP foi devastada por fogo neste ano no Pantanal

Chico Ribeiro/Governo MS Arquivo

ColunaMarcoEusébio

Tempo seco ajuda propagar o fogo no Pantanal

A área devastada por incêndios no Pantanal neste ano é duas vezes o tamanho da cidade de São Paulo, com 338.675 hectares consumidos por fogo, de 1º de janeiro até o último domingo (16), conforme dados divulgados no início da semana pelo Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec-MS) e pelo Corpo de Bombeiros Militar. Em comparação ao mesmo período de 2023, quando foram queimados 17.050 hectares, a área atingida por incêndios aumentou 19 vezes, em 2024. O município de Corumbá concentrea a maior parte dos focos (96,8%), conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). O tempo seco e o calor, que facilita a propagação de incêndios florestais, deve continuar pelo menos até o mês de julho, segundo o Cemtec. O Ministério Público estadual, em parceria com a Polícia Militar Ambiental (PMA), identificou nos últimos dois anos, com o uso de satélites, 18 pontos onde o fogo começou, e constatou que em quatro locais o incêndio foi doloso ou culposo, o que resultou em multas de R$ 24 milhões aos donos de propriedades responsáveis por incêndios no Pantanal.

  

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 
• • • • •

Nascido em Santo André (SP) e radicado em Campo Grande (MS) desde a adolescência, Marco Eusébio é um dos mais experientes jornalistas de Mato Grosso do Sul. Com um estilo refinado e marcante de escrever, ficou conhecido como autor de uma das mais lidas colunas divulgadas em sites de notícias do estado. Agora em formato “in blog” amplia a comunicação com seus leitores através deste Portal www.marcoeusebio.com.br ativado no dia 29/2/2009.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS