Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 02 de Abril de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020, 12h:57
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Eduardo Bolsonaro bate-boca com deputadas da esquerda na Câmara: vídeo

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Fotos Luís Macedo/Agência Câmara

ColunaMarcoEusébio

Deputadas de esquerda protestaram contra Bolsonaro e filho do presidente respondeu com deputadas do PSL

Ao lado de deputadas do PSL, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) travou um bate-boca com deputadas de partidos de esquerda que acusavam Jair Bolsonaro de ofender a repórter da Folha de S.Paulo Patrícia Campos Mello ao falar em frente ao Alvorada que "ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim", em referência ao depoimento de Hans River, convocado pelo PT na CPMI das Fake News que desmentiu ter atuado em disparos no WhatsApp para o presidente e declarou que atuou para o próprio PT (leia aqui). "A deputada diz que fala em nome de todas as mulheres. Calma aí, será que não tem mulher aqui comigo, não? Em nome das mulheres, uma banana! Eu queria saber onde elas estavam quando o Lula falou em mulheres de grelo duro. Onde vocês estavam? Estavam roubando dinheiro" disparou o filho do presidente. Em seguida, ao rebater a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, que falava em democracia, afirmou: "Democracia é só quando eles querem falar o que quiserem. Seu marido foi preso mesmo, não foi? Ladra, daqui a pouco vai ser presa também". Depois, Eduardo questionou onde a esquerda estava quando seus aliados atacaram outras mulheres e, sob protestos das esquerdistas, afirmou: "Pode gritar à vontade. Só raspa o sovaco, porque senão dá um mau cheiro do caramba". Veja abaixo trecho do vídeo postado pelo deputado nas redes sociais.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix