Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 07 de Junho de 2020, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Sou mesmo obrigado a digitalizar o meu negócio após a pandemia?

Por Gustavo Nunes

Da coluna Identidade Digital
Artigo de responsabilidade do autor

A ausência de luz no fim do túnel faz com que muitos empreendedores tenham dúvidas se precisam ou não partir, desesperadamente, para o mundo digital.

Unsplash/Kaleidico

ColunaIdentidadeDigital

Não podemos contestar que, infelizmente, a pandemia do Covid-19 é um dos grandes marcos desta geração. De acordo com os dados divulgados pela respeitada instituição americana, a Universidade Johns Hopkins, 6.804.044 pessoas foram contaminadas com a doença, com um total de 362.678 mortes. Os números, atualizados no último sábado ( 06.06), são extremamente assustadores.

Além da grave crise sanitária na qual o mundo se encontra, existe também o colapso econômico e financeiro que ameaça pequenas, médias e até grandes empresas no mundo. O cenário que se desenha é assustador para empreendedores que, muitas vezes, não sabem como podem se reinventar diante da crise.

Quando olham para o horizonte escuro, enxergam uma pequenina luz ao fim do túnel: vender pelas plataformas digitais. Esses homens e mulheres acabam se perguntando “minha empresa é offline, sou mesmo obrigado a digitalizar o meu negócio após a pandemia? ”.

Como jornalista, analista de marketing de conteúdo e marketing digital eu respondo que sim. O empreendedor terá que digitalizar o seu negócio e começar a vender pela internet.

Com experiência de mais de oito anos atuando neste mercado posso garantir que é mais fácil do que se imagina. É necessário definir alguns pontos estratégicos para começar a utilizar a internet a favor do seu negócio.

Os números divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística  (IBGE) comprovam o meu argumento. Segundo os dados publicados pelo site Uol, em 29 de abril de 2020, 75% dos brasileiros já têm acesso à internet, ou seja, oito em cada dez casas no Brasil estão conectadas à grande rede.

“O avanço da conexão foi puxado pela inclusão digital no campo. Na área rural, o percentual de casas conectadas passou de 41% para 49,2%. Já na área urbana, a internet passou a ser utilizada em 83,8% das casas em 2018, contra 80,2% em 2017”, cita a reportagem assinada por Helton Simões Gomes, do portal Uol.

Então o empreendedor pode ter pensado neste momento: o que devo fazer para começar a anunciar na internet? Como eu consigo levar o meu produto para as pessoas utilizando as plataformas digitais?

No vídeo aqui embaixo eu explico os quatro pontos que foram fundamentais para eu digitalizar minha ideia e começar a atuar na internet. São dicas práticas para qualquer pessoa aplicar a partir de hoje.

Acredito que este vídeo ajudará pessoas que não tem ideia de como iniciar uma comunicação na internet ou como divulgar os seus produtos neste mercado digital.

Espero que aproveite. Te vejo do outro lado!

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix