Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 20 de Outubro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 29 de Agosto de 2021, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Dicas de pratos para harmonizar vinhos com pratos de inverno

Por Luisa Pereira

Da coluna Cultura
Artigo de responsabilidade do autor

Refeições simples e clássicas se tornam ainda mais especiais quando harmonizadas com bom vinho

iStock

ColunaCultura

Quem é que não adora uma refeição deliciosa com um bom vinho harmonizado? A chegada do inverno suscita ainda mais vontade de saborear um vinho tinto ou ainda um vinho branco para comer com comidas que te mantém aquecido. Mas, para que isso aconteça, é necessário saber exatamente quais refeições preparar para escolher o vinho perfeito para harmonizar. Afinal de contas, de nada adianta ter uma refeição perfeita e um vinho que não cai muito bem com aquele tipo de alimento, ou vice-versa. Por isso, separamos aqui algumas dicas de harmonização de vinhos com pratos para comer no inverno!

Sopa de lentilha com shimeji
O inverno sempre pede uma sopa saborosa, não é mesmo? Por isso, a sopa de lentilha com shimeji tem o sabor e as texturas perfeitas, e ainda harmoniza muito bem com um vinho Cabernet Franc, que tem uma uva mais encorpada. O sabor forte do vinho combina muito bem com a sopa.

Fondue de carne
Outra comida muito típica do inverno é o fondue. A dica aqui vai para quem ama fondue de carne – com um pão italiano quentinho para acompanhar o seu fondue, um vinho tinto, feito por meio da casta Tempranillo, garantirá a harmonização perfeita para a sua refeição.

Macarrão à carbonara
Receita muito tradicional para qualquer época do ano, o macarrão à carbonara é fácil de ser preparado e pede, sem dúvidas, um acompanhante tão clássico quanto. Jessica Marinzeck, sommèliere da Evino, ressalta que, para esse prato, é preciso “pensar em vinhos com menos tanino, como um Pinot Noir”.

Feijoada
Há quem torça o nariz para tomar vinho com feijoada (afinal, vale uma boa caipirinha, clássica, para acompanhá-la), porém o vinho também pode ser um ótimo acompanhamento desse prato brasileiríssimo. Invista em espumantes, pois, além do sabor mais suave, ainda ajuda a eliminar a gordura da refeição. Também é muito importante que você sirva o espumante gelado, de preferência em uma geladeira Consul – principalmente, se você precisa de pressa para gelar o vinho!

Risotos
O risoto é um prato que simplesmente pede um bom vinho. Como existem vários tipos de risotos possíveis de serem feitos, o ideal é que você escolha um vinho que equilibre com o sabor do prato. Por exemplo, para risoto de funghi, normalmente, escolhe-se vinhos tintos com taninos redondos, de boa procedência e mais ácidos. Risotos de queijo geralmente vão muito bem com vinhos brancos, como os que são feitos com uvas viognier ou chardonnay; e, para os risotos de carne, escolha um vinho que não tenha muito tânicos, para harmonizar bem com a pimenta do prato.

Torta de maçã
Sim, vinhos também harmonizam com sobremesas! Perfeita para uma sobremesa após o almoço em família ou com amigos, a torta de maçã pode ser harmonizada com um vinho de textura mais delicada, para não quebrar a presença da sobremesa. Uma boa dica é escolher espumantes frutados e mais doces, como o Cuvée Blanche.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix