Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 28 de Novembro de 2017, 10h:56
Tamanho do texto A - A+

Relatório Final da CPI da JBS é entregue ao TJ e TCE

A Comissão investigou irregularidades nos Termos de Acordo de Regime Especial firmados entre a JBS e MS

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Divulgação / Assessoria

Relatório Final da CPI da JBS é entregue ao TJ e TCE

O deputado Paulo Corrêa (PR) entregou o documento ao vice-presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Julizar Barbosa Trindade, na tarde desta segunda-feira (27)

O deputado Paulo Corrêa (PR), que foi presidente da CPI das Irregularidades Fiscais e Tributárias de Mato Grosso do Sul, a CPI da JBS, entregou uma cópia do relatório final da Comissão ao presidente do Tribunal de Contas do Estado, Conselheiro Waldir Neves. O documento também foi entregue ao Tribunal de Justiça e recebido pelo vice-presidente do órgão, Desembargador Julizar Barbosa Trindade na tarde desta segunda-feira (27).

A CPI investigou irregularidades nos Termos de Acordo de Regime Especial (TAREs), firmados entre a JBS e o Estado de Mato Grosso do Sul e conseguiu na Justiça o bloqueio de R$ 730 milhões da empresa para garantir o ressarcimento ao estado pelo descumprimento dos acordos.

Após 120 dias de investigação a Comissão adicionou também no relatório final várias recomendações para melhorar o sistema de fiscalização dos incentivos fiscais concedidos à empresas, além de tornar mais rígido o processo de concessão.

Participaram também das entregas o secretário da CPI, Rodrigo Otávio Costa Machado, o Auditor Fiscal da Receita Estadual Antônio Carlos Horta de Almeida e o Auditor Estadual de Controle Externo do TCE Guilherme Vieira de Barros.

Divulgação / Assessoria

Relatório Final da CPI da JBS é entregue ao TJ e TCE

O deputado Paulo Corrêa (PR) entregou o documento ao presidente do Tribunal de Contas do Estado, na tarde desta segunda-feira (27)

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix