Campo Grande/MS, Domingo, 23 de Abril de 2017 | 04:05
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 26 de Março de 2017, 10h:46
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Entenda por que a técnica FUE é tão bem-sucedida nos implantes capilares

Da coluna Bem-Estar

Por Pérola Cattini
Artigo de responsabilidade do autor

Istock Photos

ColunaBem-Estar

A calvice afeta muita gente, principalmente homens, mas atualmente existem diversas técnicas que podem solucionar esse problema

Os implantes capilares são uma ótima alternativa para pessoas que sofrem com a perda dos cabelos, problema comum principalmente entre os homens e que pode ter diferentes causas, como a genética ou hábitos que prejudicam a saúde do couro cabeludo ao longo do tempo.

Trata-se de um procedimento que não só contribui para melhorar as questões estéticas, mas também acaba sendo uma forma de elevar a autoestima do paciente.

Entre as técnicas modernas, muito tem se falado sobre a Follicular Unit Extraction – ou, simplesmente, FUE – devido aos seus diferenciais e aos resultados mais do que satisfatórios. Conheça um pouco mais sobre esse método.

Como funciona
A técnica se baseia na retirada de unidades foliculares de um local para serem implantadas em outro. Os bulbos ou raízes capilares normalmente são extraídos da região da nuca, sem a necessidade de cortes. Para tanto, nessa etapa do processo, utilizam-se punchs – instrumentos similares a tubos muito finos – para que cada unidade folicular seja extraída com cuidado e sem causar danos ao paciente. Em seguida, os bulbos são recolocados nas áreas que estão danificadas, e o resultado oferece um aspecto 100% natural ao implante.

A cicatrização é simples e não há necessidade de cortes, pontos ou mesmo internação, o que é muito cômodo para quem fará o implante. Os orifícios que ficam após a retirada dos bulbos capilares possuem menos de 1mm e se fecham no decorrer de uma semana, garantindo uma recuperação rápida.

Outro diferencial da técnica é que os bulbos capilares podem ser extraídos de outras partes do corpo – por exemplo, do tórax e da barba. Essa alternativa recebe o nome de BHT ou Boy Hair Transplant. Para recorrer a ela, é necessário, primeiro, avaliar a área que cederá os bulbos pelo médico cirurgião, pois apenas medindo a quantidade de fios presentes nela será possível descobrir se a realização do transplante possível é viável.

Principais vantagens

● A técnica permite uma rápida recuperação da área doadora;
● Não deixa lesões ou cicatrizes visíveis;
● Pós-operatório confortável, sem dores fortes ou grandes incômodos;
● É possível combinar a Follicular Unit Extraction com outras técnicas, segundo as recomendações do cirurgião;
● Rápido retorno das atividades diárias, sem atrapalhar a rotina do paciente;
● Não é necessário que o couro cabeludo seja flexível, como acontece em outras técnicas;
● Sem pontos ou cortes;
● Nenhuma restrição quanto ao tipo de corte de cabelo.


Resultados
Após a primeira sessão, quando necessário, é possível fazer outra depois de decorridos 60 dias, no caso de implantes em uma área diferente da anterior ou após 120 dias, caso novos folículos precisem ser implantados na mesma área.

Graças à tecnologia e à evolução do método, atualmente, é provável alcançar resultados incríveis: implantes tão perfeitos que não parecem implantes, com um aspecto muito natural.

1 COMENTÁRIO:

gostei muito a noticia, e gostaria de saber aonde faz esse procedimento endereco e telefone para maiores informacoes.
enviado por: cleide alexandre dos santos em 26/03/2017 às 16:29:35
1
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix