Segunda-feira, 27 de Maio de 2024


Rural Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008, 14:48 - A | A

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008, 14h:48 - A | A

Demanda por etanol cresce e eleva a produção de cana no país

Da Redação

Buscando atender à demanda do mercado por etanol, o Brasil tem expandido a área plantada com cana-de-açúcar nos últimos anos. Em 2007, a área destinada à colheita ultrapassou os sete milhões de hectares, num crescimento de 11,5% em relação a 2006, refletindo diretamente na produção, que alcançou 549,7 milhões de toneladas, 15,1% superior à de 2006.

As informações constam na pesquisa Produção Agrícola Municipal (PAM) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quarta, dia 17.

A melhor produtividade dos canaviais é fruto de grandes investimentos em pesquisa para o desenvolvimento de novas variedades, melhor manejo, eficiência na irrigação, entre outros. Além disso, as boas condições climáticas apresentadas durante o ano favoreceram o bom desenvolvimento da cultura.

A safra de cana de 2007 foi a mais alcooleira dos últimos anos, sendo que a maior parte da produção foi destinada ao mercado interno, já que, apesar do aumento das exportações, o mercado externo ainda é restrito, em razão de barreiras protecionistas. Estados Unidos e Brasil são os maiores produtores mundiais de etanol, com cerca de 26 bilhões e 20 bilhões de litros de álcool, respectivamente.

Produção aumenta, mas preço da tonelada cai

O aumento da oferta de cana provocou, porém, a redução dos preços no mercado interno durante o período de safra. Além disso, no mercado internacional, o açúcar não teve um bom desempenho em 2007, em decorrência do aumento da produção indiana. Esses fatores provocaram uma redução média de 26% nos preços pagos pela tonelada de cana-de-açúcar, frustrando as expectativas dos agricultores, que esperavam preços semelhantes aos praticados em 2006.

São Paulo é o maior produtor nacional, responsável por quase 60% da cana-de-açúcar brasileira. Em 2007, o Estado apresentou um crescimento de 13,8% na produção. A expansão dos canaviais tem acontecido, principalmente, em direção ao Noroeste paulista, onde novas usinas têm sido implantadas. O município de Morro Agudo (SP) é o maior produtor nacional. Dentre os 10 principais municípios produtores de cana, apenas um – Barra do Bugres (MT) – não é paulista. (IBGE)
.
 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS