Campo Grande Sábado, 18 de Maio de 2024



Polícia Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008, 11:17 - A | A

Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008, 11h:17 - A | A

Acusado de homicídio em 2000 nega conhecer vítima

Jefferson Gonçalves - Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

Acusado de assassinar no dia 06 de fevereiro de 2000 Loudenir José de Souza, o vendedor Nilson Pereira de Souza foi apresentado esta manhã na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios. O acusado nega a autoria do crime, informando não conhecer a vítima. Loudenir foi morto com três tiros, dois no peito e um no rosto, em frenta à sua residência no bairro Vila Progresso. Segundo a polícia, o crime ocorreu por causa de uma cobrança de dívida. Na época Nilson vendia redes, e ao cobrar uma dívida com Loudenir, acabou cometendo o crime.

Nilson é cearense e está em Campo Grande desde 98. Segundo o delegado titular, responsável pelo caso, Luiz de Carlos Rodrigues da Silva, o acusado já tem várias passagens pela polícia, resondendo por crimes como receptação de veículo roubado, roubo, assalto à mão armada e evasão.

O delegado afirma que a prisão de Nilson só foi possível, depois de sete anos do crime, onde a esposa da vítima o reconheceu, quando estava internado, por ter sido baleado em uma tentativa de assalto. A esposa de Loudenir informou aos policiais, que reiniciaram as investigações sobre o caso e efetuaram prisão do acusado.

 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS