Campo Grande Sábado, 18 de Maio de 2024



Nacional Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008, 07:37 - A | A

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008, 07h:37 - A | A

Prejuízos em Itajaí já são de R$ 360 milhões

Da Redação (JG)

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) já fez alguns cálculos para tentar medir o prejuízo com as chuvas. Segundo os empresários, só no Vale do Itajaí - que responde por um quarto da economia do estado - as perdas já chegam a R$ 360 milhões.

A enchente destruiu empresas de pesca em Navegantes, uma das cidades mais atingidas do litoral do estado. O Porto de Itajaí, o maior exportador de carne congelada do Brasil, está parado. Parte da estrutura foi destruída, e a reforma vai custar R$ 200 milhões.

Enquanto isso, os exportadores estão perdendo dinheiro. A Fiesc estima prejuízos de R$ 70 milhões por dia por causa da paralisação.

Corte de gás

A chuva também afetou o abastecimento de gás natural do estado. As indústrias de cerâmica, que dependem do combustível, foram seriamente afetadas. Os empresários do setor calculam que as perdas chegarão a R$ 120 milhões.

“Nós deixamos de faturar por cada dia aproximadamente R$ 1,3 milhão. O prejuízo, além de financeiro, (...) é irreparável de imagem para a empresa. Nós sempre fomos uma empresa que cumprimos religiosamente os nossos compromissos de entrega”, diz o empresário Rogério Sampaio.

Segundo a companhia estadual de gás, o fornecimento do combustível vai levar 20 dias para ser normalizado. Técnicos da Petrobras, que trabalham no conserto do gasoduto Brasil-Bolívia no Vale do Itajaí, dependem de uma trégua da chuva.

Ajuda federal

O corte do fornecimento de gás natural também prejudica motoristas e postos de combustíveis. O problema começou no domingo, quando a tubulação rompeu. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, anunciou uma ajuda federal para os setores que dependem do gás.

“Estamos encaminhando gás através de caminhões, frota de caminhão levando tanto para Santa Catarina quanto para o Rio Grande do Sul. (Estamos garantindo) fornecimento de diesel para a indústria e alguns órgãos que possam utilizar esse combustível”, afirmou o ministro. (G1)

 

 

Leia também:

Governo de SC decreta estado de calamidade em 12 municípios

Campo-grandense que buscava irmão em SC consegue contato

CEF também recebe doações para vítimas em SC

Dourados também se mobiliza para ajudar Santa Catarina

Em apenas um dia de campanha, Capital já arrecadou uma tonelada de doações para SC

Campo-grandense procura irmão desaparecido em SC

Evangélicos arrecadam doações para vítimas da chuva em SC

Defesa Civil arrecada alimentos para enviar a Santa Catarina

Defesa Civil oferece apoio para operações em SC

 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS