Campo Grande/MS, Domingo, 12 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Terça-Feira, 19 de Maio de 2020, 17h:31
Tamanho do texto A - A+

Crivella diz que clubes do Rio não podem retornar aos treinos

Decisão contraria Flamengo e Vasco que querem reiniciar atividades

Rogério Vidmantas
Capital News

Fernando Torres/CBF

Treino Bola

Sem aval da prefeitura, futebol no Rio de Janeiro segue paralisado

 

Nada de treinos ou outras atividades entre os clubes da cidade do Rio de Janeiro. Em coletiva realizada na manhã desta terça (19) na qual ampliou até o dia 25 de maio as medidas de isolamento social para combater a propagação do novo coronavírus, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, afirmou que os clubes de futebol da cidade ainda não estão autorizados a retornar aos treinos.

 

A posição do prefeito é questionada por dois grandes cariocas. Flamengo e Vasco da Gama defendem o retorno às atividades, enquanto Fluminense e Botafogo preferem manter as atividades paralisadas até que a pandemia esteja controlada. Entre os demais clubes que disputam o Campeonato Carioca, todos assinaram documento em apoio à Federação do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para o retorno do campeonato.

 

“Conselho científico”

 

Ao ser questionado por jornalistas sobre a possibilidade da volta das atividades dos clubes cariocas no atual momento, o prefeito afirmou: “Se há algo que faz falta a todos os cariocas, é o futebol (...), mas pelo conselho [científico] não foi autorizada a volta aos treinos, foi autorizada a volta à fisioterapia e também foi aprovado o caderno de encargos para evitar contaminação quando retornarem as atividades”

 

Segundo Crivella, critérios sanitários não permitem que se autorize ainda o retorno das atividades das equipes de futebol do Rio de Janeiro: “Foi comunicado ao presidente do Flamengo, foi comunicado ao presidente do Vasco que isto havia sido deliberado. Nas próximas reuniões vamos voltar ao assunto dos treinos. Isso não depende da nossa vontade, mas da curva, da velocidade de contaminação, e dos leitos disponíveis na cidade”.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix