Campo Grande 00:00:00 Quinta-feira, 18 de Julho de 2024


Economia Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 17:14 - A | A

Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 17h:14 - A | A

Renda

Receita Federal libera consulta ao segundo lote de restituição do IRPF 2024

Consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda estará disponível a partir das 10h desta sexta-feira (21)

Vivianne Nunes
Capital News

A partir das 10 horas desta sexta-feira (21), os contribuintes poderão consultar o segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2024. Esse lote inclui também restituições residuais de exercícios anteriores. O crédito bancário para 5.755.667 contribuintes será realizado ao longo do dia 28 de junho, totalizando R$ 8,5 bilhões.

Desse montante, R$ 8.233.033.666,30 são destinados a contribuintes prioritários, incluindo 140.360 idosos acima de 80 anos, 1.024.071 contribuintes entre 60 e 79 anos, 66.287 pessoas com deficiência física ou mental ou moléstia grave, 459.444 professores, além de 3.812.767 contribuintes que utilizaram a Declaração Pré-preenchida ou optaram por receber a restituição via PIX. Foram contemplados ainda 252.738 contribuintes não prioritários.

Devido ao estado de calamidade decretado no Rio Grande do Sul, foi dada prioridade aos contribuintes domiciliados no estado, totalizando 330.736 declarações restituídas, incluindo exercícios anteriores, com um valor de R$ 403.680.148,47.

Para consultar a restituição, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na internet (www.gov.br/receitafederal), clicar em "Meu Imposto de Renda" e em "Consultar a Restituição". A consulta pode ser simplificada ou completa, por meio do extrato de processamento no e-CAC. Caso haja pendências, é possível retificar a declaração para corrigir informações.

A Receita Federal também disponibiliza um aplicativo para tablets e smartphones que permite consultar informações sobre a liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral no CPF.

O pagamento da restituição será realizado na conta bancária informada na declaração ou por indicação de chave PIX. Se o crédito não for realizado, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. O resgate pode ser agendado pelo Portal BB (https://www.bb.com.br/irpf) ou pela Central de Relacionamento BB. Após um ano, o contribuinte deverá solicitar o resgate pelo Portal e-CAC, no site da Receita Federal.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS