Campo Grande Domingo, 16 de Junho de 2024


Economia Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 14:41 - A | A

Quarta-feira, 22 de Maio de 2024, 14h:41 - A | A

IRPF

Receita Federal já recebeu 423 mil declarações em Mato Grosso do Sul

Primeiro lote de restituições do IRPF 2024 será divulgado amanhã

Vivianne Nunes
Capital News

Joédson Alves/Agência Brasil

Saiba como declarar rendimentos no Imposto de Renda 2023

..

A Receita Federal atingiu nesta quarta-feira (22) a marca de 423 mil declarações de Imposto de Renda entregues em Mato Grosso do Sul. Com isso, faltam ainda 200 mil declarações para alcançar a expectativa de 623 mil documentos em 2024.

Os dados do primeiro lote de restituições do IRPF 2024 serão divulgados nesta quinta-feira (23), a partir das 9h, segundo informou a assessoria de comunicação do órgão. Ao todo, 68.306 contribuintes do estado serão contemplados, totalizando um valor de R$ 130.984.811,93.

Este lote também inclui restituições residuais de anos anteriores.

Por causa das enchentes no Rio Grande do Sul, os contribuintes gaúchos foram incluídos na lista de prioridades para o reembolso. Ao todo, 5.562.065 contribuintes receberão as restituições, com o Fisco priorizando aqueles que têm direito ao reembolso.

A distribuição das restituições inclui:

• 2.595.933 contribuintes com idades entre 60 e 79 anos;
• 1.105.772 contribuintes cuja maior fonte de renda é o magistério;
• 886.260 declarações de contribuintes do Rio Grande do Sul, incluindo exercícios anteriores, somando mais de R$ 1 bilhão;
• 787.747 contribuintes que informaram a chave Pix do tipo CPF ou usaram a declaração pré-preenchida;
• 258.877 idosos acima de 80 anos;
• 162.902 contribuintes com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave.

A consulta pode ser realizada na página da Receita Federal na internet, na seção “Meu Imposto de Renda” e no botão “Consultar a Restituição”. Também está disponível no aplicativo da Receita Federal para tablets e smartphones.

O pagamento das restituições será efetuado no dia 31 de maio, na conta bancária ou na chave Pix do tipo CPF informada na declaração. Caso o contribuinte não esteja na lista, deve acessar o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) para verificar possíveis pendências e, se necessário, enviar uma declaração retificadora.

Se a restituição não for depositada na conta indicada, os valores estarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. O contribuinte poderá agendar o crédito em qualquer conta bancária em seu nome através do Portal BB ou da Central de Relacionamento do banco. Após um ano, o resgate deve ser solicitado no Portal e-CAC, na seção "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

O último dia para a entrega das declarações é 31 de maio.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS