Campo Grande 00:00:00 Segunda-feira, 22 de Julho de 2024


Meio Ambiente Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 08:43 - A | A

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024, 08h:43 - A | A

Meio Ambiente

Extinção: Cascudo-cego é visto em mergulho no rio Formoso

Ele será uma espécie guarda-chuva para o estudo da ictiofauna de cavernas

Elaine Oliveira
Capital News

Com apenas 10 centímetros de comprimento, o Ancistrus formoso, mais conhecido como cascudo-cego das cavernas, criticamente ameaçado de extinção segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), foi observado durante mergulho na nascente do rio Formoso, no município de Bonito, no Mato Grosso do Sul, durante uma expedição.

Desde a descrição da espécie em 1997, não temos informações ecológicas e comportamentais mais detalhadas. Ele será uma espécie guarda-chuva para o estudo da ictiofauna de cavernas; ou seja, sua conservação resulta na preservação de um grande número de outras espécies e seus habitats.

Leandro Sousa/Agência MS

Extinção: Cascudo-cego é visto em mergulho no rio Formoso

Exemplar coletado há décadas está em laboratório da UFMS

A presença de espécies ameaçadas pode servir como indicador da saúde geral do ecossistema. Ambientes que suportam espécies raras ou ameaçadas tendem a ser menos impactados por atividades humanas, indicando alta qualidade ambiental.

Essa foi a primeira expedição voltada para a coleta de uma espécie ameaçada de extinção, uma iniciativa do projeto Cascudos do Brasil, do Bioparque Pantanal no Centro de Conservação de Peixes Neotropicais liderado por Heriberto Gimenês Junior, biólogo curador do Bioparque que participou da expedição e ressaltou a importância do avistamento da espécie.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS