Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 22 de Maio de 2020, 09h:14
Tamanho do texto A - A+

Medidas adotadas no início fizeram a diferença, diz presidente da Associação Médica

Maria José participou de live com o prefeito de Campo Grande

Hélder Rafael
Capital News

Divulgação

Medidas adotadas no início fizeram a diferença, diz presidente da Associação Médica

Medidas adotadas no início fizeram a diferença, diz presidente da Associação Médica

A presidente da Associação Médica de Mato Grosso do Sul (AMMS), Maria José Martins Maldonado, defendeu as medidas de distanciamento social impostas pela prefeitura de Campo Grande no início da pandemia no país, em meados de março. 

 

“O lockdown foi muito importante para controlar a situação. Sabemos que o pico será em alguns dias, mas as medidas tomadas tiveram importância para que a curva fosse diferente e estamos preparados para uma situação mais grave, caso ocorra”, disse.

 

Maria José participou na quinta-feira de uma live com o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, o secretário de saúde José Mauro Castro e a diretora presidente do IMPCG, Camilla Oliveira.

 

Um tema polêmico nos últimos dias é o uso da cloroquina no tratamento a Covid-19. A presidente da AMMS falou a respeito.

 

“É preciso seguir uma diretriz e não há estudos suficientes que comprovem que a cloroquina funciona. Sabemos que ela é antiviral, mas não há confirmação. A Sociedade Brasileira de Infectologia, que está à frente dessa situação, não definiu o uso, a não ser em casos graves da doença, mas isso não coloca a medicação como indicada para uso com segurança. Se o médico quiser prescrever, ele terá o respaldo, publicado pelo Conselho Federal de Medicina, para prescrever com proteção, com doses certas e cuidados como exames prévios de eletrocardiograma para verificar se há risco para o paciente”, afirmou.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix