Campo Grande/MS, Terça-Feira, 05 de Julho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Domingo, 24 de Abril de 2022, 08h:35
Tamanho do texto A - A+

Mato Grosso do Sul cumpre metas de gestão da qualidade das águas

Esse é o nono ano consecutivo que o Estado obtém nova elevada

Elaine Silva
Capital News

Acom

Poço de água

Poço de água

 

Pelo nono ano consecutivo, Mato Grosso do Sul cumpre metas de gestão da qualidade das águas. O relatório de prestação de contas do Progestão (Programa de Consolidação do Pacto Nacional pela Gestão das Águas) foi aprovado pelos membros do Conselho Estadual de Recursos Hídricos (CERH). 

 

O Estado obteve nota elevada (média de 98,7) no cumprimento das metas estabelecidas pela ANA (Agência Nacional das Águas), capacitando-se a receber recursos federais para custear as ações realizadas no Estado na conservação da qualidade das águas superficiais. Anualmente, a Agência Nacional das Águas estabelece metas federativas e as de gestão de âmbito estadual para cada unidade da Federação cumprirem. Cabe ao órgão ambiental estadual – no caso local, o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) – fazer a gestão dos programas, aplicar os recursos e cuidar do cumprimento do que foi acordado. Findo o ano, a equipe da Gerência de Recursos Hídricos do Imasul elabora o relatório e submete ao Conselho Estadual de Recursos Hídricos.

 

As metas estabelecidas pela ANA vão desde planejamento das ações, contratação e capacitação de técnicos, emissão de outorgas e fiscalização, planos e monitoramento da qualidade das águas, entre outros. Nos três primeiros anos do convênio (2013-2015) o Estado atingiu 100% das metas e nos demais tem ficado com índice acima de 97%. Dessa forma, até 2020 o Estado já conseguiu repasses de R$ 5,6 milhões para aplicar na compra de equipamentos e investir em capacitação e remuneração da equipe responsável pelas ações previstas no Progestão. 

Kelly Ventorim/Semagro

Semagro avalia incentivar projeto para incentivar avicultura

Jaime Verruck - Semagro

 

“São desafios do Imasul e são metas do Estado. Já temos isso claro e já estamos tomando providências para que essas metas sejam alcançadas o mais breve. Mato Grosso do Sul tem se destacado em nível nacional na gestão ambiental, em especial na área de recursos hídricos. Nosso sistema de outorga é referência, estamos ampliando e modernizando as plataformas de coleta de dados, equipando os laboratórios de análises da qualidade das águas, disciplinando e fiscalizando o uso da água tanto superficial quanto subterrânea. O governo tem a consciência de que os recursos naturais são nossa maior e mais preciosa riqueza e todas as medidas para garantir sua conservação e qualidade são necessárias e importantes”, disse o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, que também preside o Conselho Estadual de Recursos Hídricos.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix