Campo Grande Quinta-feira, 30 de Maio de 2024


Cotidiano Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008, 14:16 - A | A

Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008, 14h:16 - A | A

Ciptran recebe reforços e intensifica ainda mais as fiscalizações

Da Redação (JG)

Companhia Independente de Policiamento de Trânsito da Capital (Ciptran), neste fim de ano, período de festas, está com o apoio de mais 30 alunos do Curso de Formação para Soldado da Polícia Militar, além de novos equipamentos de trabalho que garantirão maior segurança no trânsito de Campo Grande, principalmente no centro da cidade, região onde se concentra o maior fluxo de veículos.

De acordo com o chefe da sessão de operações da Ciptran, capitão Geter de Lorena Ostemberg, para ter um trânsito seguro, toda a população precisa se conscientizar. “Podemos observar que a maioria dos acidentes é reflexo da falta de atenção, por este motivo, recomendamos aos motoristas que ao trafegarem pelas ruas da Capital realizem a tão conhecida direção defensiva. Andem com a documentação regular e com os veículos em boas condições. E, principalmente, que não se esqueçam da Lei Seca”, ressalta.

Com novos aparatos, a companhia esta garantindo o cumprimento das normas de trânsito. Blitzes rotativas são realizadas diariamente na Capital.

Investimentos

Com recursos do governo do Estado, a Ciptran agora conta com novas viaturas e equipamentos. Notebooks estão auxiliando os policiais nas checagens de veículos e cinco bafômetros garantem o cumprimento da aplicabilidade da Lei Seca.

A companhia já recebeu também 10 veículos; 30 motocicletas; duas vans (na semana passada), uma para realizar o transporte dos policiais e outra para o apoio nas blitzes; uma caminhonete, dois radares portáteis, utilizados para flagrar motorista que dirigem com velocidade acima do permitido; e provavelmente ainda hoje (18), na Sejusp, receberá dois caminhões guincho.

O governo já comprou quatro decibelímetros (aparelho que mede a intensidade sonora ) e 20 etilômetros (bafômetro), destes, 12 serão para a Ciptran e oito para a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). De acordo com o comandante da Ciptran, major Edmilson Lopes da Cunha, os aparelhos poderão chegar à unidade a qualquer momento.

Resultados

Ontem (16), em apenas duas blitzes, os policias lavraram 92 notificações. Recolheram 43 documentos que estavam irregulares; além de constatarem 35 veículos sem condições de trafegar na via, que foram removidos para o Detran. De acordo com o chefe da sessão de operações da Ciptran, capitão Geter de Lorena Ostemberg, as blitzes são rotativas. “Isso acontece justamente para utilizar o elemento surpresa”, explica.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS