Campo Grande Segunda-feira, 17 de Junho de 2024



Marco Eusébio Terça-feira, 28 de Maio de 2024, 19:27 - A | A

Terça-feira, 28 de Maio de 2024, 19h:27 - A | A

Coluna Entrelinhas da Notícia

Em Brasília, Geraldo Resende atende demandas mais urgentes da Aldeia de Dourados

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Divulgação

ColunaMarcoEusébio

Geraldo Resende e Weibe Tapeba, da Sesai

O deputado federal Geraldo Resende (PSDB-MS) se reuniu hoje, em Brasília, com o secretário de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde, Weibe Tapeba, e representantes da pasta para reforçar o pedido para que seja construída uma Unidade Básica de Saúde (UBS), de porte III, na aldeia Bororó em Dourados. Na reunião, Resende conseguiu fechar um acordo para que sejam liberados R$ 2,5 milhões para a construção da nova UBS, sendo R$ 1,5 milhão da própria Sesai e R$ 1 milhão da Secretaria de Atenção Primária da Saúde (SAPS). Conforme o parlamentar, a secretaria vai encaminhar à Sesai o projeto e, depois disso, o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Dourados abrirá o processo de licitação para escolher a empresa que vai executar as obras.

Geraldo Resende também conseguiu o compromisso da Sesai para que seja construída, em 2025, a segunda UBS, esta na aldeia Jaguapiru. As duas unidades de porte III, com 700 metros² de área, vão substituir duas unidades de estrutura precária para atender 18 mil indígenas que hoje sofrem com a falta de atendimento de qualidade na saúde pública. “A saúde nas comunidades indígenas está bastante precária. Uma verdadeira tragédia, com equipamentos obsoletos e estrutura completamente comprometida. Queremos construir novas unidades de saúde, amplas, mais modernas, com equipamentos de ponta e muito mais adequados do que as atuais instalações, para ofertar serviços com dignidade aos pacientes indígenas das aldeias Jaguapiru e Bororó”, afirmou, após a reunião.

Água nas aldeias

Também em Brasília, Geraldo Resende fez novas e duras cobranças para que o governo federal priorize o fornecimento de água potável nas aldeias Jaguapiru e Bororó. O projeto da Sanesul, orçado em R$ 44 milhões, está pronto há bastante tempo, mas não havia sido contemplado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no ano passado. “Recebi a garantia de que na próxima semana o governo, por meio do ministro-chefe da Secretaria das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, vai emitir documento favorável ao projeto. Esse passo é importante para sair a dotação”, afirmou o deputado.

SAMU Indígena

Após sucessivas cobranças de Geraldo Resende, a SESAI deu prazo até o mês de agosto para o lançamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) indígena em Dourados. Esse é o compromisso da Sesai.

  

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 
• • • • •

Nascido em Santo André (SP) e radicado em Campo Grande (MS) desde a adolescência, Marco Eusébio é um dos mais experientes jornalistas de Mato Grosso do Sul. Com um estilo refinado e marcante de escrever, ficou conhecido como autor de uma das mais lidas colunas divulgadas em sites de notícias do estado. Agora em formato “in blog” amplia a comunicação com seus leitores através deste Portal www.marcoeusebio.com.br ativado no dia 29/2/2009.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS