Campo Grande/MS, Domingo, 22 de Outubro de 2017 | 17:45
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quarta-Feira, 04 de Outubro de 2017, 17h:00
Tamanho do texto A - A+

Frigorífico de peixes fechado há 16 anos será reativado

Construído há mais de 16 anos com recursos de emendas parlamentares, frigorífico voltará a funcionar com investimento do Governo

Fernanda Freitas
Capital News

Assessoria

Frigorífico de peixes fechado há 16 anos será reativado

Atualmente, 60% do pescado consumido em Mato Grosso do Sul vem de estados como Mato Grosso e Rondônia

O Governo do Estado e A Prefeitura Dois Irmãos de Buriti se uniram para reativar a indústria e diversificar a atividade econômica de Mato Grosso do Sul. Acontece que o frigorífico de peixes do município que foi construído há 16 anos com recursos de emendas parlamentares estava inativo e ficou abandonado por quase duas décadas.

Nesta quarta-feira (4) o governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar do Estado, Jaime Verruck, repassaram R$ 405,8 mil do Fundo Estadual de Apoio à Industrialização (FAI) para compra de maquinários para o frigorífico.

O empreendimento é da prefeitura de Dois Irmãos, mas está concessionado à Indústria de Pescado Buriti.

Com o frigorífico em funcionamento, a expectativa do governador é impulsionar o desenvolvimento da piscicultura em Dois Irmãos do Buriti e no entorno. “A piscicultura é uma atividade econômica estritamente viável em Mato Grosso do Sul. Por isso é inconcebível que uma obra dessas esteja paralisada há 16 anos”, afirmou Reinaldo Azambuja. Para ele, outro destaque é a geração de emprego e renda.

“Vamos organizar esse sistema, pois não adianta ter frigorífico e não ter peixe. Vamos ter toda a cadeia funcionando: o produtor produzindo e o frigorífico abatendo, distribuindo e gerando renda. Para isso, está no cronograma da Agraer [Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural] a compra de equipamentos que vão auxiliar o pequeno produtor a escavar tanques de pescados”, completou.


Frigorífico
Com capacidade de abate de seis tonadas de pescado/dia, o frigorífico de peixes está instalado no assentamento Paulo Freire. De acordo com o gerente da Indústria de Pescado Buriti, Jonas Pereira, a expectativa é que o empreendimento inicie as atividades em fevereiro de 2018, gerando até 40 empregos diretos, além dos indiretos. “A princípio vamos processar pacu e pintado, com abate de uma tonelada/dia. Mas a meta é chegar a capacidade máxima”, ponderou.

Também participaram da cerimônia de assinatura de repasses do FAI o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta; o deputado estadual, Beto Pereira; vereadores e secretários municipais de Dois Irmãos do Buriti; além de representantes da Indústria de Pescado Buriti e de servidores estaduais da Agraer e Iagro.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix