Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017 | 06:25
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017, 08h:13
Tamanho do texto A - A+

Estimativa para safra 2017/2018 é de até 227,5 milhões de toneladas

Soja e milho, as principais culturas da safra, devem responder por cerca de 89% dos grãos produzidos no país

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

Divulgação

soja e milho

Produção da soja deve ficar entre 106,4 milhões e 108,6 milhões de toneladas e a do milho, entre 91,6 milhões e 93,1 milhões

A produção de grãos da safra 2017/2018 deve ficar entre 223,3 a 227,5 milhões de toneladas. Os dados são do 2º Levantamento da safra realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A previsão representa recuo entre 6,2% e 4,4% em relação à safra passada, que foi de 238 milhões de toneladas. A perspectiva de redução se deve ao fato de que a safra passada registrou recorde de produtividade graças a condições climáticas, cenário que pode não se repetir.

Como exemplo da produtividade alcançada, a Conab citou a soja, cuja produção foi de 3.364 kg/hectare na safra 2016/2017, sendo que na safra atual, a estimativa é de 3.075 kg/hectare.

Soja e milho, as principais culturas da safra, devem responder por cerca de 89% dos grãos produzidos no país. A expectativa é de que a produção de soja alcance entre 106,4 milhões e 108,6 milhões de toneladas e a do milho, entre 91,6 milhões e 93,1 milhões.

A área do milho primeira safra deve recuar de 11,5% a 7,5% em relação a 2016/2017, o que vai refletir na diminuição da área total da cultura, estimada entre 631,6 mil ha e 409,6 mil ha.

No caso da soja, a maior liquidez e a possibilidade de melhor rentabilidade frente a outras culturas deve estimular elevação média de 3,1% da área, para algo entre 34,6 milhões ha e 35,3 milhões ha.


NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix