Campo Grande 00:00:00 Terça-feira, 23 de Julho de 2024


Reportagem Especial Sábado, 06 de Janeiro de 2024, 08:34 - A | A

Sábado, 06 de Janeiro de 2024, 08h:34 - A | A

Reportagem Especial

Viola de luto: Saiba quem foi João Carreiro

Conheça a trajetória da voz mais “Bruta e sistemática” do Mato Grosso do Sul

Renata Portela
Especial para o Capital News

Instagram/@joaocarreirooficial

Viola de luto: Saiba quem foi João Carreiro

João Carreiro

Nesta semana a música sertaneja raiz ficou em luto, a viola caipira do Cantor e compositor João Carreiro, foi silenciada. O artista de 41 anos, morreu na noite de quarta-feira (3), depois de complicações ao passar por uma cirurgia para colocar uma válvula no coração.

João Sérgio Batista Corrêa Filho, ou “João Carreiro”, nome artístico escolhido como homenagem ao ídolo, o também cantor e instrumentista Tião Carreiro (1934-1993), nasceu em 24 de novembro de 1982, em Cuiabá (MT). A trajetória do artista no mundo da música sertaneja começou ainda quando criança após ganhar um violão de presente do avô.

As primeiras apresentações do cantor foram em bares e festas universitárias da cidade natal, mas ganhou fama no universo da música sertaneja após formar a dupla João Carreiro e Capataz. Os dois artistas ficaram conhecidos nacionalmente com os álbuns Bão tamém, Diga que Valeu.

Divulgação

Viola de luto: Saiba quem foi João Carreiro

João Carreiro e Capataz

A parceria com Capataz durou até 2014, quando Carreiro se afastou dos palcos por problemas de saúde mental. O cantor rompeu com a dupla para tratar uma depressão e TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), somente em julho de 2015, João Carreiro retornou aos palcos.

Em 2018, em parceria com Jads & Jadson, o artista lançou o álbum Brutos de verdade. No CD, ele participou de faixas como Não Toco Nãoe Anjo Caipira. Em dezembro de 2023, ele lançou duas músicas Meu Avô e A Coroa É Meu Chapéu.

Último Show

O último show de João Carreiro foi realizado no dia 31 de dezembro, em Pedra Preta, no Mato Grosso, onde passou a virada do ano. Nas redes sociais ele fez um post agradecendo o público: “Galera de Pedra Preta - MT, obrigado pelo carinho, passar a virada do ano perto dos meus familiares não tem preço! Feliz 2024, moçada”, desejou Carreiro na publicação.

Internação

João Carreiro, sofria de uma condição cardíaca chamada de prolapso da válvula mitral (PVM), uma alteração estrutural do coração em que a válvula que separa as câmaras superior e inferior do lado esquerdo do coração não fecha adequadamente, levando ao refluxo do sangue.

De acordo com especialistas, na maioria dos casos, não provoca sintomas e é uma condição inofensiva. Já em outros, causa arritmia cardíaca, fadiga e tontura.

O cantor estava internado desde terça-feira (2) e antes do procedimento, anunciou sua ausência temporária nas redes sociais para cuidar da saúde. A esposa, Francine Caroline, foi quem compartilhou as atualizações do procedimento realizado nas redes sociais.

Em uma das primeiras postagens, informou que o coração estava funcionando com a nova válvula, mas depois pediu orações ao companheiro. Na sequência, ela informou a morte do esposo.

Último vídeo gravado por João Carreiro

Homenagens ao cantor

O ex companheiro de dupla publicou uma homenagem ao cantor nas redes sociais e uma série de fotos dos dois juntos no início de carreira.

A cantora Ana Castela também fez um post lamentando a morte de João Carreiro. A dupla Maiara e Maraisa disse que recebeu com muita tristeza a notícia da morte do cantor.

Munhoz e Mariano postaram fotos da participação da dupla no DVD do cantor.

Instagram/@joaocarreirooficial

Viola de luto: Saiba quem foi João Carreiro

Show em Sete Quedas - MS 30/12

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS