Campo Grande/MS, Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sábado, 11 de Julho de 2020, 11h:14
Tamanho do texto A - A+

Durante fiscalização, PMA apreende mais de 12 toneladas de peixes

Ação aconteceu em quatro peixarias de Campo Grande

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PMA

Durante fiscalização, PMA  fiscaliza mais de 12 toneladas de peixes

Ação aconteceu em Campo Grande

Polícia Militar Ambiental durante fiscalização apreendeu mais 12 toneladas de peixes em 4 peixarias de Campo Grande e também multou uma peixaria e a fiscalização ao comércio de pescado será constante. Caso aconteceu nesta sexta-feira (10) durante uma operação contando com dez policiais. 

 

Conforme a PMA a única irregularidade encontrada foi relativa a 15 kg de filé de pescado nativo, cujo proprietário de uma peixaria não conseguiu comprovar a origem. A empresa, localizada na área central da Capital, foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 900,00. Não se constatou que se tratava de produto de crime, então foi realizada somente a multa administrativa.

 

Durante a fiscalização, foi verificado que grande parte do pescado nos estabelecimentos é proveniente de importação da bacia amazônica e de piscicultura.  Na 1ª fase da operação BIG FiSH, que contou com 90 Policiais e ocorreu dentro da operação Corpus Christi (11 a 15 de junho), já ocorreram fiscalizações em seis peixarias de cinco municípios e 13 toneladas de peixes foram fiscalizadas. Irregularidades durante aquela operação somente nos rios, quando foram autuados 24 pescadores.

 

Na próxima fase da operação que ocorrerá em breve, esse trabalho em peixarias e outros estabelecimentos também será intensificado com muito mais Policiais, pois esse tipo de fiscalização é fundamental para a minimização da pesca predatória, tendo em vista que, se não tiver para quem vender, os infratores serão dissuadidos de praticarem a atividade ilegal.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix