Campo Grande/MS, Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 04 de Dezembro de 2021, 12h:32
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Dólar alto e entraves burocráticos barram viagem de brasileiros aos EUA

Por Raphael Granucci

Da coluna Viagens
Artigo de responsabilidade do autor

Momento é propício para realizar viagens nacionais

iStock

ColunaViagens

As fronteiras dos Estados Unidos foram abertas aos vacinados contra a Covid-19, a partir do dia 08 de novembro. Viajantes do Brasil podem entrar no país desde que cumpram alguns requisitos, no entanto. Se você planeja ir ao país e seu visto está válido, ou seja, não precisa ser renovado, basta a apresentação do seu cartão vacinal provando que foi feita a imunização total contra a Covid-19, podendo este ser físico ou digital, contendo a data que recebeu as doses e também um resultado de teste negativo de, no máximo, 72 horas antes da viagem. Todas as vacinas aprovadas pela FDA e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) serão aceitas, bastando apenas que a última dose tenha sido administrada ao menos duas semanas antes do embarque para os Estados Unidos. Menores de 17 anos só precisam testar negativo, não necessitando apresentar carteira de vacinação.

Agora, se você precisa ter o visto renovado ou emitir um pela primeira vez, saiba que está demorando bastante tempo, devido a toda demanda represada. Para se ter uma ideia, alguns consulados americanos estão com filas de até um ano apenas para recebimento dos documentos necessários e entrevistas. Em outros, a demora pode ser de até dois anos. Antes da pandemia, a demora era de 15 dias. O visto é obrigatório para a entrada no país. Somente há exceção para casos prioritários, tratamento médico ou vistos estudantis, por exemplo. Segundo Antonio Agnone, chefe consular no Brasil, quem havia marcado entrevista para o período em que os consulados estavam fechados poderá reagendá-la para uma data mais próxima, de acordo com a disponibilidade.

Os Estados Unidos são o destino mais desejado por muitos brasileiros. Milhões de turistas saem anualmente do Brasil para visitar o país, seja a trabalho ou a lazer, o que o coloca como segundo país internacional mais visitado, ficando atrás apenas da Argentina. Desde o anúncio da abertura, a procura pelos voos já aumentou em cinco vezes, diz Magda Nassar, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem. Porém toda essa dificuldade em conseguir os vistos a tempo tem gerado muitos entraves, adiando muitos sonhos. A alta do dólar frente ao real é outro fator determinante para a mudança de planos das famílias. Um pacote individual para três dias para o parque da Disney, talvez o passeio mais cobiçado pelos brasileiros, não sai por menos de R$ 2.500,00. Isso tem se refletido na busca por viagens em territórios nacionais. É possível com um aluguel de carros mensal, por exemplo, conhecer diversos lugares no Brasil que acabaram ficando para depois por alguma razão, gastando menos e se divertindo igualmente, ou até mais. De Norte a Sul do Brasil, há lugares lindos esperando pela sua visita!

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix