Campo Grande/MS, Terça-Feira, 17 de Julho de 2018 | 09:26
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Sexta-Feira, 06 de Julho de 2018, 17h:44
Tamanho do texto A - A+

Brasil perde para Bélgica e Hexa fica para o Catar 2022

"Diabos Vermelhos" avançam e jogam contra a França na semifinal

Rogério Vidmantas
Capital News

FIFA Oficial/Getty Images

Seleção Brasil Bélgica

Kompany desvia, a bola bate no ombro de Fernandinho (17) e entra no gol brasileiro

O sonho do hexa da Seleção Brasileira foi adiado mais uma vez, agora para 2022, no Catar. Nesta sexta-feira (6), o Brasil perdeu para a Bélgica por 2 a 1 e foi eliminado nas quartas de final da Copa da Rússia 2018. Os “Diabos Vermelhos” seguem em frente e enfrentam a França na semifinal marcada para terça-feira, em São Petersburgo. A Seleção volta para casa e passar a pensar no planejamento para o próximo ciclo de quatro anos.


Melhor nos primeiros minutos, o Brasil foi punido pela sorte. Aos sete minutos, Neymar cobrou escanteio pela esquerda, a bola chegou até Thiago Silva na pequena área, mas a bola tocou na trave e sobrou nas mãos do goleiro Courtois. Em jogada semelhante, na área do Brasil, a bola entrou. Em escanteio, Kompany desviou a e abola bateu no ombro de Fernandinho e Alisson não conseguiu evitar o gol.

A desvantagem foi bem absorvida pelo Brasil que seguiu com mais posse de bola e pressionando o adversário, mas vacilou na aposta da Bélgica, o contra-ataque. Após cobrança de escanteio do Brasil, Lukaku iniciou a jogada na intermediária, se apresentou para receber, avançou e percebeu De Bruyne livre pela direita. O belga recebeu e, da entrada da área, bateu no canto, sem chance para Alisson, aumentando para 2 a 0, placar do primeiro tempo.

No segundo tempo, Tite voltou com Roberto Firmino na vaga de Willian, que voltou a jogar mal e a produção do time melhorou. Ao cinco minutos, Marcelo cruzou da esquerda e Firmino quase conseguiu empurrar para o gol, mas a bola cortou a pequena área. Aos oito foi a vez de Pauliho aparecer na área, para outra boa intervenção de Courtois. A pressão do Brasil aumentou com mais uma mudança de Tite. Gabriel Jesus deu vaga para Douglas Costa.

FIFA Oficial/Getty Images

Seleção Brasil Bélgica

Renato Augusto entrou no segundo tempo, marcou o gol do Brasil e quase empatou o jogo

A Bélgica assustou em contra-ataque aos 16 minutos com Hazard que chutou cruzado, mas para fora. No minuto seguinte, a resposta com Douglas Costa que driblou o marcador e chutou, parando mais uma vez em Courtois. Tite muda mais uma vez com Renato Augusto na vaga de Paulinho e aos 30 minutos, o meia aproveitou cruzamento de Philippe Coutinho para, de cabeça, marcar o gol do Brasil.

Nos últimos 15 minutos cresceu a busca brasileira pelo empate, mas a segura atuação de Courtois foi decisiva. Entre outras defesas, uma foi fundamental. Já nos acréscimos, Neymar recebeu na meia lua e tocou no alto, procurando o ângulo direito do goleiro belga, mas Courtois, de mão trocada, fez a defesa mais impressionando do jogo, garantindo a vitória e a classificação da Bélgica para a fase semifinal.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix