Campo Grande/MS, Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017 | 11:02
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Terça-Feira, 01 de Agosto de 2017, 16h:34
Tamanho do texto A - A+

Comércio tem expectativa de R$ 153,2 milhões na economia com a chegada do Dia dos Pais

Valor aponta 5% a mais que o mesmo período do ano passado

Flavia Andrade
Capital News

Deurico Ramos/Capital News

No Centro, pais lotam papelarias à procura de materiais escolares

Valor aponta 5% a mais que o mesmo período do ano passado

A estimativa é divulgada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio-MS (IPF) e do Sebrae/MS, nesta terça-feira (1º). Destes recursos, 51,72% devem vir da compra de presentes e R$ 73,9 milhões das comemorações. O Dia dos Pais deve movimentar R$ 153,2 milhões na economia de Mato Grosso do Sul, um volume de recursos 5% maior que no ano passado.

O levantamento foi feito em 13 municípios, com 2,1 mil entrevistados, entre os dias 13 e 21 de julho. Conforme a pesquisa, a preferência da compra vai recair sobre os artigos de vestuário, com 39,45%, depois pelos calçados, com 13,81% e os perfumes, com 13,03%. A maioria, 39,08%, disse que pretende gastar entre R$ 51 e R$ 100. Outros 19,32%, de R$ 101 a R$ 150 e 18,46%, de R$ 151 a R$ 200.

O levantamento do IPF e Sebrae/MS indica que o valor médio do presente para o Dia dos Pais de 2017 deve chegar a R$ 124, 5% a mais que os R$ 118 gastos no ano passado. Já o local de compra do presente, 79,08% dos entrevistados disseram que serão as lojas do centro da cidade, 5,32% a internet, 4,45% o comércio do bairro e 3,40% os shoppings. Prioridade por pagamento a vista, indicada por 62,99% foi o dinheiro, seguida pelo parcelamento, com 18,46% e o crédito, com 9,06%.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix