Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017 | 05:25
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Domingo, 19 de Março de 2017, 11h:49
Tamanho do texto A - A+

Secretários de Segurança Pública de MS e MT debatem ações efetivas de integração

Entidades querem combater ações de organizações criminosas que utilizam as fronteiras dos países vizinhos passando pelos dois Estados

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/Assessoria

Secretários de Segurança Pública de MS e MT debatem ações efetivas de integração

Entidades querem combater ações de organizações criminosas que utilizam as fronteiras dos países vizinhos passando pelos dois Estados

Nesta segunda-feira (20), a partir das 8h, no Grand Park Hotel, em Campo Grande, o 2º 

Encontro de Secretários de Segurança Pública. Com objetivo de apresentar as ações efetivas que estão sendo realizadas entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, além das próximas medidas que serão adotadas pelos dois estados, uma vez que eles vivem a mesma realidade: têm fronteiras com países vizinhos e enfrentam ações de organizações criminosas, como contrabando de armas e tráfico de drogas.

 

De acordo com o secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, José Carlos Barbosa, a agenda de trabalho será aberta oficialmente pelos governadores Reinaldo Azambuja e Pedro Taques, e em seguida o dirigente da Sejusp, apresentará as ações em conjunto que já foram desenvolvidas entre MS e MT, no combate à criminalidade. Também participam do encontro o secretário Segurança Pública de Mato Grosso, Rogers Elizandro Jarbas e os e policiais das áreas de inteligência.

 

“Vamos mostrar os resultados efetivos das nossas ações exitosas que já realizamos com o Mato Grosso e Minas Gerais. Também iremos assinar um Termo de Cooperação com MT para o uso compartilhado dos sistemas de informações criminais e consultas, entre os estados. Isso faz com que informações, relatórios e toda atividade de inteligência que dá suporte a atividade operacional tenha mais eficiência”, destacou José Carlos Barbosa.

 

Esse é o segundo encontro formal entre os secretários de segurança pública, para que sejam traçadas ferramentas de combate ao crime organizado nas fronteiras, com apoio da União, já que os crimes cometidos nesses estados impactam os sistemas de segurança pública do restante do País.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix