Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 18h:34
Tamanho do texto A - A+

Paulista é autuado em R$ 60 mil por desvio de córrego

Ação do infrator provocou duas erosões na propriedade rural

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PMA

Paulista é autuado em R$ 60 mil por desvio de córrego

Crime foi descoberto por meio do uso de drone.

A Polícia Militar Ambiental autuou um paulista de 42 anos em R$ 60 mil por desviar 1.200 metros de córrego e degradações por erosões. O caso aconteceu, nesta terça-feira (13) no município de Ribas do Rio Pardo. O produtor rural, por construção de dreno desviando curso d’água, sem autorização ambiental.


O infrator responderá por crime ambiental por realizar obra e serviço potencialmente poluidores sem autorização do órgão ambiental competente, com pena prevista de três a seis meses de detenção e também por degradação de área protegida, com pena prevista de um a três anos de detenção.

Policiais constataram um desvio de 1.198 metros de comprimento córrego Coqueiro medidos por GPS, que estava sendo utilizado para dessedentação de gado bovino. Conforme a nota da PMA, “ o desvio provocou duas erosões, que já estavam em estágio avançado (voçorocas), causando sedimentação para o córrego Coqueiro, que é afluente do rio Anhanduí e, consequentemente, causavam assoreamento em ambos cursos d’água”.

O produtor  também foi notificado a realizar um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADA), junto ao órgão ambiental.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix