Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 23 de Fevereiro de 2017, 09h:31
Tamanho do texto A - A+

Sete perde para Sport em Recife e está fora da Copa do Brasil

Time douradense agora se concentra em buscar recuperação no Campeonato Estadual

Rogério Vidmantas
Capital News

Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Sete perde para Sport em Recife e está fora da Copa do Brasil

 

A Copa do Brasil terminou na segunda fase para o campeão sul-mato-grossense, Sete de Dourados. Na noite desta quarta-feira (22), na Ilha do Retiro, em Recife, foi derrotado pelo Sport-PE por 3 a 0 e agora se concentra apenas no Campeonato Estadual, onde ainda não venceu. O time pernambucano enfrenta na próxima fase o Boavista-RJ que venceu a Portuguesa-SP, no Estádio do Canindé, por 2 a 0.

Se o jogo era importante para o Sete por estar, pela primeira vez, enfrentando uma equipe da Série A do Campeonato Brasileiro, para o adversário não foi tratado de forma diferente, tanto que o técnico Daniel Paulista escalou o time com todos os titulares, inclusive o selecionável Diego Souza. Assim, apesar do Sete ter dado o primeiro chute à gol, com Jô, logo aos dois minutos, foram os pernambucanos que abriram o placar aos 10, com Leandro Pereira completando jogada trabalhada pelo ataque.

Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Sete perde para Sport em Recife e está fora da Copa do Brasil

 Leandro Pereira (centro) comemora com Mansur e Diego Souza um dos gols na Ilha do Retiro

Sem conseguir atacar, o Sete sofreu o segundo gol aos 23 minutos e de novo com o centroavante Leandro Pereira. Dessa vez, o cruzamento foi de Rogério, a bola desviou na zaga tirando o goleiro Wendell da jogada e o atacante, livre, cabeceou para o gol vazio.  O Sport diminuiu o ritmo, mas a diferença técnica seguiu superior fazendo o time douradense jogar praticamente todo o tempo em seu campo de defesa.

No intervalo, Mauro Marino colocou Thiaguinho no time, o que melhorou o desempenho do meio campo, mas não deu tempo de ensaiar reação. Logo aos dois minutos, ao tentar uma cobrança de falta ensaiada no ataque, a bola sobrou livre para Rogério. Wendell tentou dividir com os pés, mas furou o chute, facilitando a vida do jogador do Sport que marcou o terceiro e último gol do jogo.

Com a desvantagem, o técnico do Sete seguiu mudando o time, que até teve chance de diminuir, primeiro em cobrança de falta de Gustavo que Diego Souza desviou para o próprio gol ao tentar cortar, mas Magrão defendeu. Depois em um chute de fora da área do volante Primo que passou perto da trave com o goleiro já batido, mas para fora e o placar de 3 a 0 definiu o jogo.

Fora da Copa Verde e agora da Copa do Brasil, o Sete se preocupa apenas em melhorar o desempenho no Estadual. Como a partida do próximo sábado, contra o Corumbaense, foi adiada, volta a campo no dia 1º de março para enfrentar o Ivinhema no Estádio Douradão em jogo atrasado da quarta rodada. O time ocupa a quinta posição do Grupo B e fora da zona de classificação para a segunda fase.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix