Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018 | 00:40
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Domingo, 13 de Maio de 2018, 11h:01
Tamanho do texto A - A+

Corumbaense e Brasiliense ficam no zero e longe do Iporá

Carijó foi melhor que o adversário, mas falhas nas conclusões impediram vitória em casa

Rogério Vidmantas
Capital News

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Corumbaense Brasiliense

Falta de objetividade no ataque impediu vitória do Corumbaense

O Corumbaense não saiu do zero com o Brasiliense-DF na partida que abriu o returno no Grupo A10 da Série D do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (12), no Estádio Arthur Marinho, o Carijó mostrou um futebol bem melhor do que na goleada sofrida para o mesmo adversário, mas falhou nas conclusões, para decepção dos 785 torcedores, entre pagantes e não-pagantes, com renda de R$ 8.630,00. Neste domingo, o líder Iporá-GO recebe o lanterna Dom Bosco-MT e pode garantir a classificação no primeiro lugar da chave.

Sem o volante Mutuca, suspenso, e o atacante Guilherme, vetado pelo Departamento Médico, o técnico Robert Almeida montou um time diferente, com Eduardo Arroz e Adriano da Matta nas vagas dos ausentes. Além disso, Carlão ganhou o lugar de Guilherme no gol e Igor Pimentel entrou na cabeça de área no lugar de Cleber.

Logo no início, o Corumbaense mostrou disposição diferente do primeiro jogo, mas com dificuldade de infiltração pelo meio, tentou explorar as laterais chegando algumas vezes com perigo pela direita, com Robinho e Michel, mas, os cruzamentos eram sempre interceptados ou saíam sem levar perigo ao gol de Edimar Sucuri. Surpreendido pela postura do Corumbaense, mesmo com a qualidade técnica de seus jogadores, o Brasiliense se limitou a explorar os contra ataques. Em uma investida no fim do primeiro tempo, o goleiro Carlão fez grande defesa se jogando na bola para evitar o gol dos visitantes.

Na segunda etapa, com o cansaço dos jogadores do Corumbaense, o Brasiliense chegou a dar uma equilibrada no jogo. A entrada de Jorginho no lugar de Michel Paulista e Elivélton no lugar de Da Matta, deu mais velocidade no ataque do Corumbaense, mas ainda faltava efetividade. Robert ainda sacou Valdinei para a entrada de Salomão. Já no fim da partida, duas ótimas chances para o Corumbaense. Após cruzamento de Jorginho que saiu depois de uma boa jogada individual na esquerda, a bola acabou passando na frente do gol. Elivélton se jogou, mas não alcançou a bola. Já nos acréscimos, Jorginho recebeu dentro da área, dominou e chutou por cima e o placar ficou mesmo 0 a 0.

Grupo A10

Com o empate, o Brasiliense segue em segundo com sete pontos e o Corumbaense em terceiro, com quatro. O líder é o Iporá com nove pontos e um dos poucos com 100% de aproveitamento na competição, enquanto o Dom Bosco, lanterna, ainda não pontuou.

Na próxima rodada, os dois jogos acontecem no domingo (20). Às 14h30 (MS), no Estádio Ferreirão, o Iporá recebe o Brasiliense. Na Arena Pantanal, às 16h, jogam Dom Bosco e Corumbaense.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix