Campo Grande/MS, Domingo, 22 de Outubro de 2017 | 17:44
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 10 de Outubro de 2017, 16h:58
Tamanho do texto A - A+

Ministério da Saúde libera R$ 5 milhões para assistência às vítimas da tragédia de Janaúba

Recurso será destinado para assistência em saúde de Janaúba, ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII referência em queimados de BH e para a Santa Casa de Montes Claros

AGÊNCIA SAÚDE
F.F

O Governo Federal, através do Ministério da Saúde, liberou R$ 5 milhões para reforçar a assistência às vítimas do incêndio na creche Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente de Janaúba, em Minas Gerais. Desse total, o município de Janaúba receberá R$ 1 milhão. Serão R$ 2 milhões para o Hospital Pronto Socorro João XXIII, unidade referência no tratamento de queimados em Belo Horizonte, que recebeu muitos feridos no incêndio. A Santa Casa de Montes Claros, que também está atendendo as vítimas do incêndio de Janaúba, também receberá R$ 2 milhões de reforço para compra de equipamentos, medicamentos e outros insumos usados no tratamento a queimados.

 

O ministro da Saúde, Ricardo, desde o dia da tragédia mantém contato com o prefeito de Janaúba (MG), Carlos Isaildon Mendes, que hoje foi recebido no Ministério da Saúde. “Lamentamos a tragédia, queremos apoiar as vítimas que lutam pela vida nesse instante e prestar apoio às famílias. Estamos à disposição da prefeitura e do estado de Minas Gerais para ajudar no que for preciso, como custeio e reforço para aquisição de materiais hospitalares. Além disso oferecemos apoio técnico para o tratamento das vítimas e familiares”, reforçou o ministro.

 

O secretário de Atenção à Saúde do Ministério, Francisco Figueiredo, esteve em Minas Gerais e manteve contato direto com as unidades hospitalares que estão fazendo o atendimento às vítimas em Belo Horizonte e Montes Claros e com a Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais. Medicamentos e materiais estão sendo providenciados para assistência às vítimas. A equipe de saúde mental do Ministério da Saúde também foi acionada para junto com as coordenações e serviços locais oferecer apoio psicossocial e um plano de apoio às famílias. Na segunda-feira, (16) dois técnicos do Ministério irão à Belo Horizonte para reuniões com gestores e definir novas medidas.

 

SITUAÇÃO DE SAÚDE - O incêndio na escola vitimou cerca de 40 pessoas. Foram registrados 11 óbitos. Treze pessoas estão internadas em Belo Horizonte em três hospitais e 10 pessoas estão internadas na Santa Casa de Montes Claros.

 

O SUS oferece tratamento integral e gratuito às vítimas de queimaduras. A assistência acontece em qualquer um dos hospitais de média e alta complexidade do Brasil. Atualmente, existem 241 leitos com destinação específica para queimados. Em 2017, entre janeiro e agosto, foram registrados 154,7 mil atendimentos ambulatoriais a queimados no país. No que diz respeito aos atendimentos hospitalares (que precisam de internação), foram registrados em 2017, entre janeiro e agosto, 15,9 mil procedimentos hospitalares relacionados aos queimados. Para esses casos, a pasta investiu, até o momento, R$ 36,8 milhões.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix