Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018 | 00:44
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 29 de Março de 2018, 18h:54
Tamanho do texto A - A+

Cooperação garante uso tecnologia alemã no projeto da TransAmericana

Europeu vão oferecer respaldo técnico em diversas áreas, como sinalização da ferrovia, além de propor os melhores equipamentos a serem usados

Flávio Brito
Capital News

A cooperação técnica com o governo alemão vai detalhar os parâmetros e padrões dos equipamentos a serem usados na Ferrovia TransAmericana – ligação por via férrea entre  o porto da cidade de Ilo, no Peru, ao Porto de Santos (SP), passando por Mato Grosso do Sul. A vice-governadora de Mato Grosso do Sul, Rose Modesto, e o titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente,  Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck,  representaram o Estado esta semana, em Brasília, para a oficialização da parceria.

 

A Declaração Conjunta de Intenção para Cooperação para o Desenvolvimento do Setor de Transporte e Infraestrutura, assinado pelo Ministério dos Transportes com o Governo Alemão, vai garantir a transferência de tecnologia alemã na recuperação da malha ferroviária, que tem 1.700 quilômetros no trecho da Malha Oeste, hoje administrada pela Rumo.

 

 “O embaixador fez um compromisso de levar investimento da iniciativa privada, e por já conhecer o projeto, hoje eles têm interesse de investir nessa área no nosso país. A Ferrovia TransAmericana interessa à Alemanha”, enfatizou Rose Modesto,  destacando que os alemães vão dar suporte técnico e levar capital para recuperar a malha Oeste.

 

Verruck disse ainda  que os alemães vão oferecer tecnologia em diversas áreas, como sinalização da ferrovia, além de propor os melhores equipamentos a serem usados. “A assinatura deste termo é o primeiro passo da parceria com o governo alemão para efetivarmos a parceria entre os dois países, que viabiliza a Ferrovia TransAmericana”, afirmou o secretário.

 

De acordo com o ministro dos Transportes, Maurício Quintela, “essa cooperação do governo do Brasil com o governo  da Alemanha, que vai prever a participação dos entes federados, os municípios e os estados, em diversas áreas do setor de infraestrutura, vai fazer com que se troque experiência e tecnologia, se discuta projetos de interesse mútuo. Isso é o primeiro passo e pela primeira vez ratificamos um documento dessa amplitude, que vai estreitar bastante nossas relações, e a tendência será colher frutos nesta área importante para o Brasil”. Também participaram da solenidade os deputados federais Geraldo Rezende e Tereza Cristina.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix