Campo Grande/MS, Sábado, 20 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018, 19h:31
Tamanho do texto A - A+

MS fecha o ano com 100% dos recursos do FCO contratados junto ao banco

O resultado foi apresentado durante reunião ordinária do CEIF

Leonardo Barbosa
Capital News

Semagro/Divulgação

MS fecha o ano com 100% dos recursos do FCO contratados junto ao banco

Secretario da Semagro, Jaime Verruck, participou da reunião na manhã desta sexta-feira (14)

Em Mato Grosso do Sul, 100% dos R$ 2,44 bilhões disponíveis no Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) para o ano de 2018 foram efetivamente contratados junto ao Banco do Brasil e estão sendo devidamente aplicados na instalação de novas empresas ou expansão de novos empreendimentos nos setores rural e empresarial sul-mato-grossense. O resultado foi apresentado na manhã desta sexta-feira (14), na 30ª Reunião Ordinária do CEIF (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO), realizada na Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

 

“Recebemos os últimos dados do Banco do Brasil, que revelam mais um bom desempenho das contratações do FCO. Esse resultado é fruto das ações do Governo do Estado junto à Sudeco, junto ao banco e, principalmente junto ao setor produtivo, que demonstra a sua confiança em nosso trabalho, convertendo em mais investimentos para Mato Grosso do Sul”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semagro, que preside o CEIF-FCO.

 

Durante o ano de 2018 foram realizadas 30 reuniões do Conselho, algumas quinzenais e outras semanais, nas quais foram apreciados e aprovados 4155 projetos, sendo 3114 no setor rural e 1041 do setor empresarial. “Foi preponderante o trabalho da coordenadoria da Semagro responsável pela organização e apresentação dos projetos e cartas-consulta do FCO para as entidades governamentais e do setor produtivo que integram o CEIF”, acrescentou o secretário.

 

Recursos para 2019

No início do mês de dezembro, o Ministério da Integração aprovou a programação de recursos do FCO para 2019. Mato Grosso do Sul terá R$ 2.260.484.623,21 para contemplar o financiamento de empreendimentos do setor Rural e Empresarial, além de outras modalidades de crédito. “Vamos realizar seminários e seguir com a Caravana do FCO para levar informações sobre o Fundo ao empresário. As reuniões do CEIF vão continuar quinzenais para que a tramitação de projetos tenha a mesma fluidez que tivemos em 2018”, finalizou.

 

Dos R$ 2,26 bilhões disponíveis para Mato Grosso do Sul, R$ 24 milhões são para contratações do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Outra modalidade de crédito nova no FCO, já com valor definido para contratações em 2019 é o financiamento de projetos de micro e mini geração de energia solar fotovoltaica para pessoa física: são R$ 100 milhões para todo o Centro-Oeste, sendo que para Mato Grosso do Sul serão destinados R$ 24 milhões.

 

“O financiamento de projetos para a geração de energia solar fotovoltaica para pessoa jurídica tem sido uma demanda crescente no FCO e para o próximo ano teremos o regramento para a pessoa física. Essa é uma conquista do Governo do Estado nos pleitos que conduzimos junto ao Condel”, afirma Jaime Verruck. Somente na reunião do CEIF realizada nesta sexta-feira (14), foram aprovados projetos de micro e mini geração de energia solar fotovoltaica que somam R$ 30 milhões.

 

 

Também no próximo ano, os bancos cooperativos terão um montante específico no FCO, fixado em 10% do recurso total disponível para cada Estado. Para Mato Grosso do Sul serão R$ 226 milhões que serão operados por instituições como o Sicredi, Sicoob e Cresol.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix