Campo Grande/MS, Terça-Feira, 16 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 15 de Junho de 2019, 12h:12
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Governo acaba com obrigatoriedade de aulas em simulador para tirar CNH

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Ilustração/Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Uso de simulador deixa de ser obrigatório para tirar a Carteira Nacional de Habitação

O governo retirou a obrigatoriedade do uso de simuladores para a expedição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A medida foi aprovada ontem durante a primeira reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que também diminuiu de 25 para 20 horas o número de aulas práticas para aspirantes a habilitação da categoria B. O uso de simulador passa a ser facultativo. "Será uma opção do condutor fazer a aula ou não. Se ele julgar necessário que aquilo é importante para a formação dele, de que não está seguro de sair para aula prática, ele poderá fazer. Se não quiser, ele não terá que fazer a aula de simulador”, disse o ministro Tarcísio Freitas, da Infraestrutura. O prazo para implementar a nova regra é de 90 dias. Com a mudança, o condutor terá que obrigatoriamente fazer 20h de aulas práticas. Se optar pelo uso do simulador, serão 15h de aulas práticas e 5h no equipamento. No Twitter, Jair Bolsonaro disse hoje que é "mais uma promessa sendo cumprida" e que o fim da obrigatoriedade dos simuladores e que o "custo da CNH será reduzido em aproximadamnte 300 reais".

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix