Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Terça-Feira, 17 de Julho de 2018, 12h:17
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Conheça 5 alergias recorrentes

Por Pérola Cattini

Da coluna Bem-Estar
Artigo de responsabilidade do autor

Doenças acometem de 10 a 20% da população mundial

Istock Photos

ColunaBem-Estar

A alergia ou reação de hipersensibilidade é uma resposta exagerada do sistema imunológico após a exposição a alguma substância estranha ao nosso organismo, conhecida como antígeno. Isso acontece com indivíduos geneticamente suscetíveis e previamente sensibilizados. Alguns dos principais alérgenos são medicamentos, pelos de animais, ácaros, fungos, pólens e alimentos específicos. Acomete de 10 a 20% da população mundial e, por isso, é considerado um problema de saúde pública. Abaixo, confira cinco alergias recorrentes:

 

1 – Dermatite de contato
Acontece quando a pele inflama devido ao contato e consequente sensibilidade a uma determinada substância. As alergias mais comuns acontecem com o contato com metais como níquel, presentes em grande parte das bijuterias, mercúrio, cosméticos, tinturas de cabelo e calçados. No caso das joias, por exemplo, é recomendado preferir objetos que não tenham esses metais, como anel de ouro ou de prata. Se observar problemas relacionados com a dermatite por contato, procure um alergologista.

 

2 – Dermatite atópica
Conhecido também como eczema atópico, essa doença também é causada pela inflamação da pele. Nesse caso, no entanto, ela ocorre em pessoas com uma predisposição genética às doenças alérgicas, como asma ou rinite alérgica. Os sintomas são pele seca e coceira intensa.

 

3 – Alergia alimentar
A alergia alimentar acontece quando o organismo tem uma reação exagerada em relação a substâncias presentes em alguns alimentos. O problema independe da quantidade ingerida, e as principais manifestações são dermatológicas, gastrointestinais e anafilaxia. Um grupo de oito alimentos é responsável por 80 a 90% das reações alérgicas: leite de vaca, ovo, trigo, soja, amendoim, castanhas, peixes e frutos do mar. As reações podem acontecer após a ingestão, inalação ou contato com a pele.

 

4 – Alergias respiratórias
Essas alergias são doenças inflamatórias crônicas que afetam as vias respiratórias, sendo as mais comuns a asma e a rinite. Os ácaros são os principais agentes causadores e são encontrados em locais como colchões, travesseiros, tapetes, carpetes e brinquedos de pelúcia. Fungos, pelos de animais, fatores ambientais como mudanças de temperatura e poluição, odores fortes  e pólen são outros agentes causadores. A asma provoca problemas como crises de falta de ar ou cansaço e chiado e sensação de aperto no peito. Já a rinite alérgica manifesta-se por crises de espirros repetidos, coriza líquida e coceira no nariz, olhos, garganta e ouvidos, além de congestão nasal, alteração do olfato e do paladar, olhos avermelhados e irritados.

 

5 – Alergias medicamentosas
A alergia medicamentosa acontece quando o sistema imunológico interpreta a ação de algum remédio como sendo ofensiva ao organismo. Na primeira vez que isso ocorre, um anticorpo é acionado; a partir da segunda vez, haverá alguma manifestação clínica. De acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), a alergia aos medicamentos e a intolerância medicamentosa podem ocorrer em qualquer pessoa, alérgica ou não, e podem depender em parte das doses ou vias de administração. Por este motivo, é sempre importante consultar seu médico para a utilização de remédios.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix