Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 10 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Segunda-Feira, 03 de Fevereiro de 2020, 15h:18
Tamanho do texto A - A+

Partido de Bolsonaro “Aliança” bate meta de assinaturas no MS

Evento no dia primeiro de fevereiro reuniu 400 apoiadores na Câmara Municipal

Norton Soares
Capital News

Divulgação

Partido do PSL repudia Coronel David

Deputado Coronel David

Partido de Bolsonaro, intitulado Aliança Pelo Brasil, conseguiu conquistar 4,9 mil assinaturas em Mato Grosso do Sul, ultrapassando a meta estabelecida. No primeiro dia de fevereiro ocorreu um evento de apoio ao partido na Câmara Municipal de Campo Grande, contando com a presença do deputado estadual Coronel David e do deputado federal Luiz Ovando.

Durante o evento, os deputados fizeram duras críticas para seus ex-companheiros do partido PSL, ao qual faziam parte, antes da saída de Jair Bolsonaro. Coronel David ainda afirmou que sofreu perseguição política, tendo que entrar na Justiça Eleitoral para que possa sair da legenda, mas ainda sim continuar seu mandato. Até o momento uma decisão ainda não foi divulgada.

O distanciamento de apoiadores de Bolsonaro do partido ocorreu ainda em  2018, logo após as eleições daquele ano, devido a conflitos de interesse e escândalos de corrupção. O Presidente resolveu então criar sua própria legenda, intitulada Aliança Pelo Brasil, que para ser oficializado, precisa conquistar 500 mil apoiadores até o dia 7 de março, em todo Brasil.

Na Câmara Municipal, ao todo foram cerca de 400 pessoas apoiar Bolsonaro e o Aliança. Apesar de já ter batido a meta, a cúpula sul-mato-grossense do partido pretende continuar coletando assinaturas e pretendem concorrer ainda este ano, as eleições. Coronel David é o principal cotado para ser candidato da nova legenda à Prefeitura de Campo Grande.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix